Um componente que é muito importante para as instalações elétricas, mas que ainda gera muita dúvida e confusão entre os eletricistas é o dispositivo DR. Por não o compreender ou não saber a sua importância, muitos “eletricistas” não usam um disjuntor DR ou um interruptor DR nas instalações e esse é um erro gravíssimo!

Para que você entenda a importância deste componente da instalação elétrica, neste artigo o Mundo da Elétrica vai te explicar o que é DR, qual a importância do dispositivo DR, vamos falar também do disjuntor DR, do interruptor DR, além de algumas características do dispositivo DR disjuntor e interruptor. Então, vamos lá pessoal!

O que é DR?

O que é Dispositivo DR e como ele funciona?

Veja o que é, como funciona e as características do Dispositivo DR!

Também conhecido como Dispositivo Diferencial Residual, o DR é um dispositivo de proteção que faz parte do circuito elétrico. Ele tem a função de detectar uma fuga de corrente e desarmar o circuito. Essa fuga de corrente pode ser um choque elétrico por exemplo.

Ele foi declarado como um dispositivo obrigatório em instalações elétricas pela norma NBR 5410, que é a norma das Instalações Elétricas de Baixa Tensão, na edição do ano 1997. Mesmo sendo obrigatório há tanto tempo, grande parte das instalações do país não possui este dispositivo instalado, isso porque os “eletricistas” que fizeram a instalação não conheciam bem o dispositivo ou eram negligentes a ponto de não seguir a norma.

O dispositivo DR possui três grandes vantagens, que podem ser vistas abaixo:

  • Ele minimiza as consequências dos choques elétricos, que poderiam causar sérios danos ao usuário da instalação elétrica
  • Ele diminui e protege contra o desperdício de energia elétrica por conta das fugas de correntes
  • Ele diminui a chance de possíveis curto-circuitos na instalação elétrica, que poderiam ocasionar incêndios

O que é fuga de corrente?

A fuga de corrente pode ser caracterizada como uma corrente elétrica fluindo para um ponto além do circuito original, o que resulta nela sendo escoada para outras massas que ofereçam uma diferença de potencial ou que estejam aterradas.

Em um circuito fechado “normal”, a corrente elétrica flui entre os condutores fase e neutro ou fase e fase,. Quando há algum outro caminho para essa corrente passar, acontece o que chamamos de fuga de corrente.

Essa fuga de corrente na melhor das possibilidades gera somente um gasto a mais de energia na instalação. Porém, o grave risco que a fuga de energia oferece é de um ser vivo entrar em contato com alguma carcaça energizada por essa fuga, fazendo com que ele sirva como uma massa de condução para o aterramento. Esse contato vai conduzir a corrente elétrica pelo próprio corpo do ser vivo até a terra, o que resultará em um choque elétrico!

O Dispositivo DR pode salvar a sua vida de um choque elétrico!

Cuidado! A fuga de energia é perigosa e pode matar!

Essa fuga de corrente pode ocorrer devido à alguns motivos como por exemplo:

  • Cabos desencapados
  • Baixa isolação ou isolação mal feita
  • Cabos rompidos (quando estão encostados em alguma massa)
  • Defeito de algum componente do circuito ou de um aparelho

Tipos de Dispositivo DR e Aplicações

Muitas pessoas ainda acham erroneamente que o dispositivo DR é somente um. Saiba que mesmo tendo nomes muito semelhantes, existem dois tipos de Dispositivo DR.

IDR ou DDR? Existe um melhor? Veja aqui!

Qual é a diferença entre esses dois dispositivos?

IDR

Conhecido como Interruptor Diferencial Residual, o IDR é um dispositivo que possui como função principal detectar uma fuga de corrente elétrica em um circuito e desarmá-lo rapidamente. Essa fuga pode ser um choque elétrico, o contato com uma carcaça metálica ou o contato direto com um ponto aterrado.

Devido à essa função, além dele ter a função de seccionamento e ser usado como dispositivo de proteção do usuário, o IDR também pode ser usado para evitar um consumo desnecessário de energia, que aumentaria bastante a conta de luz.

DDR

Conhecido como Disjuntor Diferencial Residual, o disjuntor DDR também é um dispositivo de proteção, porém, ele não protege somente o usuário, pois ele também exerce a função de um disjuntor! Basicamente, o disjuntor DR é um IDR com as funções de um disjuntor, que são as proteções contra curto-circuito e sobrecarga através da detecção térmica e magnética.

Muitas pessoas confundem DDR com dispositivo DR, mas apesar dos dois termos terem as siglas parecidas, o termo disjuntor DR difere do dispositivo DR. O disjuntor diferencial residual pode ser usado como disjuntor geral de uma instalação, porém não é recomendado.

Caso você tenha o disjuntor DR como disjuntor geral, se um condutor estiver apresentando fuga de corrente em uma caixa de passagem metálica, por exemplo, toda a sua instalação terá a energia cortada, o que vai dificultar muito na procura do problema. O ideal é usá-lo como disjuntor de circuitos parciais.

Dispositivo DR: Como Funciona?

O dispositivo DR monitora a corrente elétrica de um circuito e quando há uma fuga dessa corrente, ele age rapidamente (em torno de 7ms ou 0,007s) para seccionar o circuito. Mas como ele monitora a corrente elétrica?

Ele realiza esse monitoramento usando basicamente uma bobina elétrica! Os condutores que serão monitorados são enrolados em um núcleo toroidal no interior do dispositivo. Com isso, ao conectar a fase e o neutro ou as fases nos bornes do dispositivo DR, o núcleo toroidal faz a soma das correntes que passam por ele e essa soma resulta em zero.

Caso haja uma fuga de corrente, a soma que normalmente dá zero vai resultar em outro valor, que será o suficiente para gerar um campo magnético na bobina elétrica. Esse campo atrai o contato que estava fechado e faz com que ele se abra, interrompendo a passagem de energia.

Para exercer a proteção contra choque elétrico, o dispositivo diferencial residual é encontrado com uma corrente nominal máxima de 30mA, mas em alguns países ele pode ser encontrado com uma detecção de fuga de 15mA. Ele também pode ser encontrado com outros valores para a indústria como por exemplo, 300mA. Porém, o DR com essa corrente nominal não protege contra choques elétricos.

Classes do Dispositivo DR

Antes de realizar a instalação de um dispositivo DR, é importante saber qual é a classe em que ele trabalha, e ver se essa classe é a ideal para a sua instalação. As classes do dispositivo DR são:

Classes AC – Corrente Alternada

O DR dessa classe detecta correntes residuais alternadas, sendo utilizado normalmente em instalações elétricas residenciais, comerciais e prediais. Também é usado em instalações elétricas industriais de características similares.

Classe A – Corrente Alternada e Contínua Pulsante

O DR dessa classe detecta correntes residuais alternadas e contínuas pulsantes. Essa classe é aplicável em circuitos que contenham recursos eletrônicos que alterem a forma da onda senoidal.

Classe B – Corrente Contínua

O DR dessa classe detecta correntes residuais alternadas, contínuas pulsantes e contínuas puras. Essa classe é aplicável em circuitos de corrente alternada normalmente trifásicos, que possuam em sua forma de onda partes senoidais, meia-onda ou ainda formas de ondas de corrente contínua, geradas por cargas como equipamentos eletromédicos e outros.

Classe SI – Corrente Alternada e Contínua Pulsante Super Imunizadas

A classe SI foi concebida para manter uma rede de segurança e uma continuidade de serviço de qualidade nas instalações com perturbações causadas por:

  • Condições Atmosféricas Extremas
  • Cargas Geradoras de Harmônicas
  • Correntes Transitórias de Manobras

É importante conhecer os fenômenos que causam as perturbações, e para aprender mais sobre um deles veja este vídeo do canal Mundo da Elétrica. Ele vai te ensinar tudo sobre as harmônicas em um sistema elétrico! Aproveite para curtir o vídeo e se inscreva no nosso canal também.

Você sabia tudo isso sobre Dispositivo DR? Compartilhe este artigo para que mais pessoas aprendam também! Se ainda sim ficou alguma dúvida sobre o assunto ou alguma sugestão, comente aqui e te responderemos com prazer. Continue acessando o site do Mundo da Elétrica para sempre aprender novidades incríveis!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)