Você sabe o que é disjuntor de caixa moldada? Sabe onde é usado este tipo de disjuntor? Neste artigo o Mundo da Elétrica mostra um disjuntor de caixa moldada, explicando detalhadamente as suas características, aplicações e principalmente, qual é a diferença entre o disjuntor de caixa moldada e os mini disjuntores, então vamos lá pessoal!

Disjuntor de caixa moldada

Para quem não conhece, os disjuntores de caixa moldada foram desenvolvidos para a proteção de circuitos de distribuição, geradores e motores. Eles geralmente são encontrados em diversos valores de corrente nominal.

Neste artigo vamos usar de exemplo um disjuntor de caixa moldada da Tramontina que suporta uma corrente de até 250A, mas você pode encontrar disjuntores deste mesmo fabricante que suportam correntes entre 50A e 800A.

Acessórios para disjuntor de caixa moldada

Conheça as funções e acessórios de um disjuntor de caixa moldada!

Disjuntor de caixa moldada: Estrutura

Caso você não saiba, este tipo de disjuntor é um dispositivo de proteção que desliga o circuito quando há uma sobrecarga, curto-circuito ou outras falhas elétricas. A fabricação desse disjuntor tem como principal objetivo suportar altas correntes de curto-circuito, e a sua caixa blindada evita o acesso ao interior do disjuntor.

Eles são montados em caixas termoplásticas pré-moldadas, formando a carcaça externa do disjuntor. Por isso o nome disjuntor de caixa moldada, justamente por causa do tipo de montagem blindada do disjuntor! A fabricação e o desenvolvimento destes disjuntores de caixa moldada atendem a norma NBR 60947, que é a norma responsável pelos dispositivos de comando e manobra em baixa tensão.

Diferença para o mini disjuntor

Além da estrutura da carcaça que já citamos anteriormente, os demais componentes e contatos internos dos disjuntores de caixa moldada são bem mais robustos, e as câmaras de extinção de arco elétrico são capazes de interromper o circuito com correntes de 20 a 30 vezes maiores que os disjuntores comuns.

Muitos profissionais do Mundo da Elétrica podem alegar que existem mini disjuntores e disjuntores de caixa moldada capazes de interromper a mesma quantidade de corrente elétrica, e isso é verdade! Porém, mesmo assim existem algumas diferenças importantes como por exemplo:

  • Disjuntor de caixa moldada é mais robusto
  • Disjuntor de caixa moldada suporta uma corrente de curto-circuito muito maior
  • Disjuntor de caixa moldada pode contar com acessórios

Disjuntor de caixa moldada: Utilização

Os disjuntores de caixa moldada são aplicados principalmente em ambientes industriais, onde ocorrem interrupções com alta corrente de curto-circuito, mas também podemos ver este tipo de disjuntor em quadros de distribuição compactos. Então podemos encontrar estes disjuntores no quadro geral de baixa tensão em estabelecimentos comerciais e condomínios por exemplo.

Eles também podem ser usados para a proteção de motores elétricos, proteção de circuitos de distribuição e proteção de geradores. Como o disjuntor de caixa moldada também é desenvolvido para realizar manobras elétricas, em algumas situações específicas ele pode ser utilizado para atuar como interruptor ou seccionador de circuitos.

Disjuntor de caixa moldada: Acessórios

Falamos anteriormente que uma das principais diferenças deste tipo de disjuntor é a possibilidade de contar com acessórios não é mesmo? Agora você vai conhecer a instalação e aplicação de três acessórios para este disjuntor de caixa moldada.

Os dois primeiros acessórios são a bobina de disparo e o contato auxiliar, que ficam na parte interna do disjuntor assim como mostra a imagem abaixo! Cada acessório possui uma posição certa de encaixe, ou seja, no lado direito do disjuntor fica a bobina de disparo, e o no lado esquerdo fica o contato auxiliar.

Como escolher o melhor disjuntor?

A bobina de disparo e o contato auxiliar são acessórios de um disjuntor de caixa moldada!

A bobina é responsável pelo desligamento do disjuntor à distância! Um exemplo de utilização é através de um botão no painel de comando que fica localizado em uma sala distante deste disjuntor.

O contato auxiliar é uma espécie de micro chave com contato reversível, servindo para indicar o status do disjuntor, mostrando se está na posição “ON” ou na posição “OFF”. Uma das formas de sinalizar isso é utilizando dois sinaleiros de cores diferentes.

O terceiro acessório é o acionamento rotativo manual e ele é um mecanismo de acionamento externo. A sua função é ligar ou desligar o disjuntor caixa moldada sem precisar abrir a porta do quadro, e a instalação é bem simples! Basta encaixar o suporte e parafusar os parafusos na carcaça do disjuntor.

Como escolher o melhor disjuntor?

Veja como instalar o acionamento rotativo manual no disjuntor de caixa moldada

Em seguida basta encaixar a haste na fenda e realizar o aperto, por último é só encaixar a chave na haste e o acessório já está pronto para usar. Ele possui uma trava de segurança que impede a abertura do quadro elétrico enquanto o acionamento estiver na posição LIGADO.

Como escolher o melhor disjuntor?

Instalação completa do acionamento rotativo manual no disjuntor de caixa moldada!

O profissional que conhece os acessórios para facilitar a montagem de painéis elétricos, certamente larga na frente no mercado de trabalho. Se quer continuar aprendendo sobre disjuntores, assista este vídeo do Mundo da Elétrica que deixamos de sugestão e saiba como é um disjuntor por dentro, vale muito a pena assistir!

Finalizamos aqui outro artigo e queremos te convidar para acessar outros artigos do site, porque quanto mais tempo você investir na sua capacitação, maior será o seu retorno em oportunidades no mercado de trabalho.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)