Para facilitar o trabalho relativo aos comandos elétricos, foram criados diversos modelos de botoeiras cada uma com um sistema de funcionamento diferente, desta forma é possível obter diversas formas de trabalho dentro de um único sistema de comandos elétricos mudando apenas sua forma de acionamento. As normas NR26 e NR12 especificaram cores para que houvesse um padrão de trabalho onde qualquer profissional pudesse identificar o fluxo de funcionamento apenas observando as cores dos botões que estivessem ligados.

Modelos de botoeiras.

Botoeira com retenção ou chave seletora: Possui normalmente duas ou três posições, sendo elas liga ou desliga, deixando o circuito com praticidade de possuir em apenas um botão as duas funções e ainda ocupando menos espaço. Da mesma forma que existem os prós também existem os contras, uma desvantagem do uso deste componente é que quando acabar a energia e o circuito estiver em funcionamento ele permanecerá comutado na posição ligado, então quando a energia voltar o circuito irá voltar automaticamente, da mesma forma se um relé de proteção atuar desligando o circuito ao se retirar a falha o funcionamento do circuito se restabelecerá podendo prejudicar no futuro o funcionamento interno de algum componente de proteção ou até trazer risco aos trabalhadores envolvidos no sistema comandado por este tipo de dispositivo.

Botao com retençao.

Chave Seletora.

Botão pulsador ou Botão sem retenção: Muito utilizado no circuito de comandos juntamente com um contato de selo, caso não seja usado juntamente a um contato de selo seu funcionamento será temporário. Este modelo de botoeira é muito usado pela segurança proporcionada por ele quando há falta de energia elétrica, pois mesmo com contato de selo seu circuito é desligado sendo possível sua religação apenas se acionado novamente o botão, a desvantagem deste modelo é a necessidade de outro botão para desligar o circuito, o que acaba ocupando espaço adicional.

Botao Sem Retençao.

Botão Pulsador.

Botão liga e desliga conjugado: Este modelo possui as funções necessárias no circuito em apenas um botão. Sua forma de trabalho é o pulsador sem retenção, sendo também necessário o uso de um contato de selo para que o circuito permaneça ligado, no entanto diferente do modelo acima, este possui ambos acionamentos no mesmo botão onde os contatos são divididos, um lado possuindo o botão liga na cor verde e no outro lado da divisória possuindo o botão desliga na cor vermelha.

Botao Conjugado.

Botão Liga/Desliga.

Botão cogumelo ou botão de emergência: Usado para desligar o comando em caso de alguma anormalidade ou para que seja feito alguma manutenção onde é preciso seu desligamento. Este botão conta com retenção quando acionado através da pressão sobre sua estrutura. Para retornar ao seu estado normal é necessário girar o botão de modo a promover o destravamento, esta manobra torna o dispositivo muto seguro evitando manobras inadvertidas. Geralmente seus contatos de proteção são NF (Normalmente Fechado) utilizados para desligar o circuito e NA (Normalmente Aberto) para sinalizar a condição de emergência.

Botao Cogumelo.

Botoeira de Emergência.

Cores para sinalização em botões.

  • Verde: Arranque, liga e partida.
  • Preto: Arranque, liga e partida.
  • Vermelho: Parar, desligar, botão de emergência.
  • Amarelo: Inverter o sentido, cancelar operação, cancelar condição perigosa.
  • Azul: Qualquer função diferente das anteriores.
  • Branco: Qualquer função diferente das anteriores.
Cores de botoeiras usadas em comandos eletricos.

Botoeiras.

Além dos botões, também existem nos comandos elétricos os sinalizadores para identificar qual funcionamento está acontecendo no painel, normatizado pela NR26 e NR12 para maior segurança padronizados nas cores Verde, Vermelho, Amarelo, Azul e Incolor, mas o uso das cores devem ser feito de forma o mais reduzido possível para não confundir o profissional que está transitando no local onde se encontra o equipamento ou até mesmo o manuseando.

Segundo NR 26:

26.1.1 Esta Norma Regulamentadora – NR tem por objetivo fixar as cores que devem ser usadas nos locais de trabalho para prevenção de acidentes, identificando os equipamentos de segurança, delimitando áreas, identificando as canalizações empregadas nas indústrias para a condução de líquidos e gases e advertindo contra riscos.

Cores para sinalização em lampadas.

  • Verde: Máquina pronta a operar,circuitos e dispositivos em condição de funcionamento.
  • Vermelho: Estado de alerta e perigo,máquina anormal, parada por dispositivo de proteção ou emergência.
  • Amarelo: Valor próximo do máximo para grandezas como temperatura ou corrente, alarme visual de falha.
  • Incolor: Máquina em funcionamento normal, circuito sobre tensão e pronto para funcionar.
  • Azul: Qualquer função que não seja as anteriores.
Sinalizadores.

Sinalizadores.

Agora quando forem desenvolver um projeto ou montar um comando em quadro elétrico terão informações necessárias de quais cores utilizar nas botoeiras e sinalizadores, bem como a variedade de tipos e dimensões de botoeiras disponíveis para se utilizar nos acionamentos elétricos.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)