O IDR (interruptor diferencial residual) é um componente diferencial residual ou seja, seu princípio de funcionamento está baseado na fuga de energia elétrica, trocando em miúdos, o IDR é um dispositivo quando percebe uma corrente de fuga desliga automaticamente este circuito impedindo que esta corrente de fuga continue. Esta característica torna o IDR um componente de segurança contra o choque elétrico.

O choque elétrico é uma fuga de corrente, que escapa dos circuitos elétricos e passa a circular pelo corpo de um indivíduo, por isso o IDR é um dispositivo que visa a proteção dos seres humanos contra choque elétrico.

Para que esta proteção ocorra de forma efetiva dois cuidados devem ser tomados:

  • O IDR deve estar dimensionado corretamente para o circuito ao qual ele se destina.
  • O IDR deve estar funcionando.

Vamos mostrar agora como garantir que este IDR esteja funcionando, para isto um teste deve ser feito periodicamente no IDR.

Botão de teste

Todo IDR possui em seu corpo um botão para teste, este botão é uma simulação interna de fuga de corrente que faz com que o IDR desarme todas as vezes que este botão for pressionado.

Botão de teste.

Botão de teste IDR.

De maneira bem simples este botão permite que o IDR seja testado, o procedimento é seguir as seguintes etapas:

  1. As cargas devem estar conectadas ao circuito do IDR e este circuito energizado;
  2. Deve-se pressionar o botão de destes, este processo deve ser rápido, pois um pressionamento prolongado pode danificar o IDR;
  3. A proteção diferencial deve atuar imediatamente desligando o circuito, caso isso não ocorra deve se proceder com as verificações adicionais.
  4. Após o teste religar o IDR colocando-o em operação.
Procedimento de verificação do IDR.

Procedimento de verificação de funcionamento do IDR.

Testes adicionais:

Após o aperto do botão, caso o IDR não tenha desligado o circuito, isso não significa necessariamente que o IDR tenha problemas, alguns testes adicionais devem ser realizados para constatarmos defeito do IDR.

Polo de ligação.

O primeiro ponto é que para que o circuito de teste do IDR funcione, alguns polos deste IDR tem de estar ocupados, no mínimo dois polos e estes polos são específicos, podendo variar de acordo com o modelo e fabricante. No corpo do IDR tem um diagrama que mostra quais os polos que devem estar ocupados.

Esquema de ligação do IDR.

Polos para ligação do IDR.

A imagem acima mostra 3 tipos de IDR e nestes um circuito verde é destacado entre dois polos, este é o circuito interno de teste que só irá funcionar quando os polos em que eles internamente estão ligados no IDR, estejam ocupados.

Frequência da rede.

Para o funcionamento do teste a frequência da rede deve ser a mesma frequência assinalada no componente ou no catálogo disponibilizado pelo fabricante.

Tensão da rede.

O IDR tem uma tensão de funcionamento que deve ser observada, caso esta tensão esteja muito baixa ou alta o teste do funcionamento do IDR fica comprometido. Uma medição com multímetro é suficiente para averiguar o valor da tensão no circuito.

Correntes de fuga na carga.

Caso a carga conectada ao IDR esteja apresentando fuga de corrente o disjuntor ficara desarmado e, em caso de tentativa de religamento o mesmo vai se desarmar. Uma opção e desligar a carga com fuga e realizar o teste novamente.

Problemas do teste de IDR.

Possíveis problemas do teste de IDR.

Periodicidade da verificação.

É recomendado que os IDR’s da instalação sejam verificado pelo menso uma vez por mês e sempre que houver uma intervenção na instalação elétrica.

Os próprios fabricantes como a Schneider Electric disponibilizam catálogos e materiais técnicos de seu componentes. No Portal do Parceiro, plataforma criada pela Schneider, para auxiliar na capacitação dos profissionais em eletricidade é possível encontrar muitos materiais de apoio sobre dispositivos diferenciais.

O IDR apesar de ser um componente não tão novo assim, ainda é um mistério para muitos profissionais. Muitos não se capacitaram após os primeiros estudos e mal sabem das novas tecnologias, normas e componentes no mercado. Acabam ficando na dúvida sobre o botão de testes do IDR e não fazem a verificação de seu funcionamento.

Com a realização do deste do IDR é possível garantir a segurança das pessoas e da instalação averiguando a efetividade da operação do IDR.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

5 comentários para “Como testar IDR? Como usar o botão de teste?”

  1. Carlos

    Prof. Henrique qual a diferença entre IDR E DDR? E gostaria de saber se eles podem substituir o disjuntor? E também se precisa passar o condutor de terra por eles?

    Responder
  2. Washington Lourival Machado de M

    Obrigado pela informação parabéns

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Sempre a disposição!

      Responder
  3. Jose Freire

    Muito bom a matéria.parabens.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)