Contato de selo – O que é e como funciona!

Escrito na categoria "Comandos Elétricos" por Henrique Mattede.

Quem trabalha ou estuda comandos elétricos e deseja que o seu sistema seja capaz de se manter energizado, deve saber da importância do contato de selo para esse feito! Mas o que é contato de selo? Para que serve o contato de selo? Esse contato tem relação com a botoeira com retenção? O que é intertravamento elétrico e o que isso tem a ver com o contato de selo?

O Mundo da Elétrica neste artigo vai responder todas essas perguntas e te explicar como o contato de selo funciona em uma aplicação. Então, vamos lá pessoal!

Contato de Selo: O que é?

O contato de selo basicamente é uma lógica usada em comandos elétricos, que através do intertravamento elétrico de botoeiras pulsadoras, realiza a auto-alimentação do contator no comando elétrico.

O contato de selo é feito utilizando os próprios contatos auxiliares do contator! Esses contatos abertos (NA) são utilizados para manter a alimentação do comando, mesmo depois que a botoeira voltar para a sua posição original.

Intertravamento Elétrico

Uma outra prática que é feita usando os contatos auxiliares do contator é o intertravamento elétrico. Quando você impede o segundo contator de funcionar através dos contatos auxiliares, isso faz com que um dos contatores não funcione enquanto o outro estiver acionado.

Este intertravamento descrito acima é chamado também de intertravamento magnético, mas há também o intertravamento mecânico, que é feito por uma peça que acopla os dois contatores.

Contato de Selo: Ligação

A ligação do contato de selo não é difícil, mas exige interpretação do diagrama de comandos elétricos. Para exemplificar, vamos mostrar o passo a passo da ligação de um contator com o uso do contato de selo.

Na ligação desse circuito, iremos precisar de:

Para começar conecte o cabo da fase no disjuntor e o cabo do neutro no barramento. Depois leve a fase até a botoeira S1, ligando-a no contato 11 normalmente fechado (NF). Iremos usar essa botoeira para desligar o contator.

Saindo do contato 12 (NF) de S1, ligue a fase na botoeira S2, conectando no contato 13 normalmente aberto (NA). Saia com o cabo da fase do contato (NA) 14 de S2 e o ligue no borne A1 da alimentação do contator.

Ligue o cabo do neutro do barramento até o borne A2 da alimentação do contator. Agora, faça uma ligação paralela (também chamada de jump), saindo do borne 13 de entrada da botoeira S2 (NA) e ligando no borne de entrada do contato auxiliar (NA) do contator, que geralmente é o 13.

Faça novamente uma ligação paralela (jump), agora partindo do borne 14 de saída da botoeira S2 (NA) e indo até o borne de saída do contato auxiliar do contator, que geralmente é o 14. Veja o esquema dessa ligação abaixo para ajudar no entendimento.

Contato de Selo: Veja como fazer!

Esquema de Ligação do Contato de Selo!

A sua ligação agora está finalizada! Confira todas as ligações e após ter certeza de que está tudo conectado, ligue a energia e faça o teste.

Ao pressionar a botoeira (NA), o contator deve ser acionado e quando parar de pressionar, o contator deve continuar funcionando. Quando pressionar a botoeira (NF), o contator deve parar de funcionar na hora, e só voltará a funcionar quando for acionado novamente.

Contato de Selo: Como funciona?

Esta ligação é bem simples, não é? Mas como esse sistema funciona? Quando a ligação está completa e o comando energizado, ao pressionar a botoeira normalmente aberta o contato dela se fecha e permite que a energia passe pelo circuito. Se não houvesse o contato de selo, ao tirar a pressão do botão o circuito iria desligar.

Com o contato de selo, a bobina interna do contator é energizada assim que a energia chega no borne A1 da alimentação do contator, e isso cria um campo magnético forte o suficiente para comutar os contatos de comando do contator!

Ao comutar os contatos, o contato auxiliar normalmente aberto 13 e 14 se fecha, permitindo a passagem de energia. Isso também cria um caminho paralelo para a energia passar, o que mantém o contator ligado sem que a botoeira continue sendo pressionada.

Contato de Selo: Veja como fazer!

Diagrama Elétrico do Contato de Selo!

E para desligá-lo, basta pressionar a botoeira normalmente fechada, pois como ela está recebendo a corrente primeiro, É ela que secciona todo o circuito do comando após ela!

Contato de Selo: Por que usar?

Quando você aciona uma botoeira sem retenção, ao soltar o dedo do botão ela volta para a posição original e interrompe o seu acionamento. O contato de selo já provou ter uma grande vantagem em relação à essa botoeira, justamente por manter o comando ligado como foi explicado anteriormente.

Contudo, quando se aciona uma botoeira com retenção ou uma chave seletora, o circuito também fica ligado sem o constante pressionamento do botão. Esses componentes não teriam a mesma função?

Algumas pessoas questionam isso, dizendo que a instalação fica mais fácil e tem o mesmo resultado. Porém, o contato de selo possui uma proteção que se tornou uma grande vantagem em comparação com estas outras botoeiras e chaves seletoras!

Quando você aciona uma chave seletora, ela se mantém ligada até realizarem o seu desligamento. Suponhamos então que ocorra uma queda de energia, e pelo fato da máquina ligada à chave estar parada, o operador começa a realizar uma manutenção nela ou mesmo fique encostado na máquina, por achar que está desligada.

Quando a energia voltasse, a chave seletora continuaria na sua posição e deixaria a energia passar para a máquina, ligando-a novamente e podendo causar um gravíssimo acidente!

Já o contato de selo não deixaria este imprevisto acontecer, pois o contato que faz a “auto-alimentação” é um contato normalmente aberto e só é fechado pela atração magnética da bobina elétrica do contator.

Ou seja, se acontecer uma queda de energia o contato voltaria para a sua posição aberta, precisando de um novo pulso na botoeira (NA) para realizar novamente a sua função como contato de selo.

Aprender a fazer comandos elétricos para diversas funções é essencial para se tornar um grande profissional! E para te ajudar com isso, vamos te ensinar a fazer um comando para um sistema de irrigação. Se você gostar do vídeo, não se esqueça de se inscrever, deixar o like e acompanhar o nosso canal!

Caso você tenha alguma dúvida sobre o contato de selo, comente aqui e te responderemos com prazer. Nos siga nas nossas redes sociais para ter acesso à conteúdos que só tem por lá, e compartilhe este artigo para nos ajudar também. Se quiser continuar aprendendo cada vez mais sobre eletricidade, continue acessando o site do Mundo da Elétrica!

Sobre o autor

Autor Henrique Mattede

Eletricista desde 2006, Henrique Mattede também é autor, professor, técnico em eletrotécnica e engenheiro eletricista em formação. É educador renomado na área de eletricidade e um dos precursores do ensino de eletricidade na internet brasileira. Já produziu mais de 1000 videoaulas no canal Mundo da Elétrica no Youtube, cursos profissionalizantes e centenas de artigos técnicos. O conteúdo produzido por Henrique é referência em escolas, faculdades e universidades e já recebeu mais de 120 milhões de acessos na internet.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário