Tomada para máquina de solda – Instalação completa!

Você conhece tomada e extensão industrial? Sabe como instalar? No artigo de hoje, o Mundo da Elétrica vai te ensinar como realizar a instalação completa. Então, vamos lá pessoal!

É muito comum vermos máquinas de solda ligadas direto no quadro de distribuição, e em alguns casos ligadas com emenda. Entretanto, esse tipo de ligação pode causar acidentes muito graves!

Para solucionar esse problema, recomenda-se a utilização de plugues e tomadas de modelos industriais! As tomadas e plugues industriais são muito encontrados em comércio ou até em pequenas fábricas, além disso, são dispositivos robustos e suportam valores de corrente muito altos.

As tomadas e os plugues podem ser instalados diretamente em máquinas de solda, como pode ser observado na imagem abaixo.

Plugues e tomadas de modelos industriais.

Plugues para máquinas de solda.

Os plugues e as tomadas para uso residencial são fabricados nos padrões de 10A e 20A, já os de uso industrial têm valores que podem variar entre 16 e 125A.

Vale a pena lembrar que as tomadas industriais seguem uma norma diferente das tomadas residenciais, afinal, são cargas e ambientes diferentes!

Algumas máquinas industriais trabalham com valores bem altos de corrente, por isso precisam de tomadas e plugues desse tipo, como exemplo podemos citar:

Em determinadas situações a máquina pode ser ligada na tomada que está em uma bancada ou na parede, e isso facilita muito o uso do equipamento, mas além disso existem muitas máquinas que podem e precisam ser ligadas em extensão!

Porém, isso só é possível se a extensão for dimensionada corretamente para a corrente nominal da máquina, além de usar os componentes certos. Por isso, é importante saber qual é a melhor opção de plugue e tomada para cada equipamento!

Muitas pessoas que trabalham com máquinas de solda têm dificuldade para ligá-las e acabam conectando-as direto no QDC da oficina, devido a sua alta potência! Em alguns casos, devido ao fato de não vir com plugue. Além disso, a instalação geralmente não possui tomadas que suportam altos valores de corrente.

Isso é perigoso porque, caso o disjuntor esteja mal dimensionado, irá ocorrer uma sobrecarga e certamente irá derreter tanto o cabo quanto o disjuntor. Para realizar esse tipo de conexão o QDC vai ficar aberto, facilitando a entrada de sujeira e deixando os cabos expostos, possibilitando que os cabos quebrem ou soltem do disjuntor mais facilmente, causando um curto-circuito.

Usar corretamente uma extensão pode ser muito benéfico, já que você pode ligar o mesmo equipamento em vários lugares diferentes.

Com isso, é possível ter um equipamento de reserva e para acioná-lo, é só conectá-lo na tomada industrial através de um plugue, diminuindo o tempo gasto com as máquinas paradas, além de ser muito mais seguro!

Instalação completa da tomada para máquina de solda

Para realizar a instalação é muito simples! Dificilmente a máquina que vem sem o plugue terá uma corrente menor que 20A. Então, é bom consultar a ficha técnica da sua máquina e escolher o plugue industrial que suporte uma corrente acima da corrente máxima de operação da máquina.

Em uma máquina com proteção de 20A por exemplo, usaremos um plugue da Tramontina de 32A, porque além de agilizar muito a instalação, ele oferece muito mais proteção! Na imagem abaixo, é possível ver o plugue industrial e a tomada Tramontina.

Tomada para máquina de solda.

Tomada e plugue industrial.

Para abrir o plugue, basta empurrar a trava e girar. Logo após, basta passar o cabo pelo pensa cabo na parte traseira do plugue, como pode ser visto na imagem abaixo.

Tomada para máquina de solda.

Instalação de plugue industrial.

Dentro do plugue, há um acesso fácil aos parafusos dos bornes, e as partes vivas ficam bem cobertas para evitar o contato acidental. Sem contar que não precisa desmontar mais nada, ou seja, é necessário apenas conectar os cabos das fases e o cabo terra nos bornes, como pode ser visto na imagem abaixo.

Plugue e tomada industrial da Tramontina.

Ligação dos cabos da tomada industrial.

Em seguida, é só encaixar novamente a trava, girá-la e prendê-la! Uma vantagem desses plugues e tomadas é o sistema de prensa cabos integrado, que garante um excelente aperto no cabo e evita a entrada de sujeira!

É importante destacar que toda extensão elétrica deve ser feita com cabo do tipo PP, já que ele possui duas proteções plásticas e reduz os riscos de curto-circuito.

O cabo do tipo PP possui uma capa plástica isolante externa, que tem a função de proteger o cabo contra choques mecânicos, e outra capa plástica para cada cabo interno, que serve para isolá-los eletricamente, deixando a extensão muito mais segura.

Além do plugue e tomada corretos para instalação, o dimensionamento dos cabos é outro ponto muito importante, que garante a segurança! Para instalar o plugue da extensão, basta apenas seguir o modelo de plugue que foi usado na máquina de solda!

O sistema de instalação da tomada móvel também é parecido com o do plugue, basta colocar os cabos na mesma sequência que os cabos conectados no plugue. Outra opção é a tomada industrial fixa da Tramontina, que pode ser vista na imagem abaixo.

Tomada fixa industrial da Tramontina.

Tomada fixa para máquina de solda.

O processo de instalá-la é muito parecido com os demais, mudando alguns detalhes, como a forma de abrir a tomada, já que é necessário retirar os parafusos antes de tirar a capa protetora, assim como pode ser observado na imagem abaixo.

Tomada fixa para máquina de solda.

Instalação de tomada fixa industrial.

Pelo fato de não ser uma tomada móvel, é necessário manter a tomada alinhada!

Essa tomada tem a vantagem dos parafusos de fixação ficarem escondidos, além de permitirem um pequeno ajuste caso a furação fique torta.

Outra vantagem desse modelo de tomada industrial é o fato de ser possível passar o cabo tanto pela parte de baixo quanto pela parte de trás.

Após passar os cabos, basta encaixá-los nos bornes certos e fechar a tomada! Na hora de escolher os dispositivos que serão usados é importante levar em consideração a segurança e a durabilidade, vantagens essas garantidas pela Tramontina!

Se você quer aprender ainda mais, recomendamos que você assista o vídeo abaixo do canal Mundo da Elétrica!

Compartilhe esse artigo com os seus amigos para que eles possam aprender ainda mais! Se você gostou desse artigo, nos acompanhe também nas redes sociais para ficar por dentro dos assuntos da área da elétrica.

Deixe abaixo nos comentários as dúvidas e as sugestões para que possamos te responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário