A tecnologia avança constantemente a cada dia que passa, e junto com o crescimento dela o conforto e a estilização crescem também, transformando o que era apenas útil em algo útil, confortável e bonito! Um ótimo exemplo para ilustrar isso são as lâmpadas, pois antigamente eram somente para iluminar e não possuíam um formato trabalhado, porém hoje em dia existem muitos tipos de lâmpadas e diversos receptáculos para essas lâmpadas. Você conhece todos eles? Se não, fique tranquilo, pois o Mundo da Elétrica fez esse artigo para te mostrar os tipos de receptores. Vamos lá pessoal!

O que é Receptáculo?

Também chamado de soquete, adaptador de lâmpada, boquilha ou bucal, o receptáculo é o componente de uma instalação elétrica que tem por função principal fazer a conexão entre o circuito elétrico e a lâmpada. Apesar de não ser tão conhecido por quem não trabalha com eletricidade, o nome correto desse componente elétrico é receptáculo.

Como existem muitos modelos de lâmpadas, ele possui variados modelos para que os diversos tipos de lâmpadas possam ser conectadas a eles. Essa conexão receptáculo lâmpada pode ser feita de diversas maneiras, o que só depende do modelo da lâmpada.

Esses modelos possuem uma classificação, que vamos mostrar ao decorrer do artigo, mas basicamente são classificados em três tipos!

Tipos de Receptáculos

Como dito anteriormente os receptáculos da lâmpada são classificados como tipo E para lâmpadas comuns, tipo GU, MR e GX para lâmpadas dicroicas e como soquete para lâmpada tubular.

Receptáculo tipo E

Esse tipo de receptáculo é o mais conhecido e é o modelo padrão mais usado nas residências. Também chamado de “soquete de rosca”, este receptáculo possui a parte externa do seu corpo que é isolante feita de porcelana, e por dentro tem uma rosca que é onde será colocada a lâmpada.

Na sua base existem as conexões e no lado externo os terminais, um ligando ao centro do receptáculo e o outro ligando à parte lateral.

A vogal E que todos os modelos possuem é uma clara homenagem ao homem que patenteou a lâmpada, Thomas Edison! Além da vogal, ele possui também uma numeração que representa o diâmetro em milímetros da base da lâmpada.

O modelo mais utilizado deste tipo é o receptáculo porcelana E27, também chamado de soquete e E27. Porém, é possível encontrar outros modelos como por exemplo, o E-40, o E-12, o E-14, entre outros.

Receptáculos tipo E, veja como são!

Receptáculos para Lâmpadas de Rosca!

Receptáculo tipo GU, MR e GX

Esses receptáculos são usados para lâmpadas dicroicas que possuem dois pinos na base. Essas lâmpadas antigamente eram usadas com tensões de 12V, 127V, 220V ou bivolt em um receptáculo só, chamado de GX5.3 ou bipino. Mas por ordem da ABNT, as lâmpadas de 127V, 220V e bivolt passaram a serem usadas no receptáculo GU.

Este receptáculo GU foi instaurado em 2013 e foi escolhido porque garante uma segurança maior na hora de instalar, além de fixar melhor a lâmpada. Assim como no modelo E, o número após as letras GU, representa o diâmetro em milímetros da base da lâmpada.

As letras das lâmpadas MR significam multifaceted reflector, e correspondem às lâmpadas refletoras que concentram a luz em uma direção só, o que é característica de todas as dicroicas. Porém, o que a diferencia das demais é que ela precisa de um transformador, pois não é bivolt.

Receptáculos tipo GU, MR e GX, veja como são!

Receptáculos para Lâmpadas Dicroicas!

Soquete para lâmpada tubular

Geralmente é usado em pares, onde um representa a fase e o outro o neutro. Porém, atualmente já existem lâmpadas que são alimentadas por um lado só como por exemplo, a lâmpada tubular de LED, neste caso o outro soquete do par é usado somente como apoio.

A sua estrutura é feita de plástico pois a lâmpada não esquenta muito, possuem dois encaixes fêmeas para os dois pinos da lâmpada, e são nestes encaixes que a alimentação é conectada.

Soquetes para tubular, veja como são!

Receptáculos para Lâmpadas Tubulares!

Viu como existem muitos tipos de receptáculos, bucais, boquilhas ou soquetes? Agora, se você quiser aumentar seu conhecimento e aprender como instalar o receptáculo corretamente, indicamos o vídeo abaixo do Mundo da Elétrica, que vai te ensinar como instalar uma lâmpada completa! Vale muito a pena assistir.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe aqui nos comentários e compartilhe este artigo nas suas redes sociais para nos ajudar. Continue acompanhando o site do Mundo da Elétrica para sempre ter acesso à conteúdos incríveis sobre elétrica!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)