Descarga atmosférica é definida na NBR 5419 (Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas) como uma descarga elétrica de origem atmosférica entre uma nuvem e a terra ou entre nuvens, consistindo em um ou mais impulsos de vários quiloampères. Para os leigos as descargas atmosférica seriam os raios, apesar de tecnicamente segunda a mesma norma o raio ser apenas um dos impulsos elétricos de uma descarga atmosférica para a terra.

O raio, que também pode ser chamado de relâmpago, é um fenômeno natural, é uma forma de percebermos a energia elétrica sendo manifestada em um efeito visível aos olhos de forma luminosa. A descarga atmosférica provoca uma corrente elétrica de imensa intensidade que ao longo do seu percurso ioniza o ar e cria um plasma que emite radiação eletromagnética, em parte sob forma de luz.

Relâmpago.

Descarga atmosférica.

Outra parte da grande energia de uma descarga atmosférica é responsável pela geração de um grande estrondo proveniente da onda de choque, consequente aquecimento e subsequente expansão supersônica do ar, este efeito comumente leva o nome de trovão.

A elevação térmica em uma descarga atmosférica consegue alcançar os incríveis 30000ºC em frações de segundo e o local onde a descarga atmosférica atinge o solo e chamado de ponto de impacto. É importante saber que descarga elétrica atmosférica é um fenômeno natural absolutamente imprevisível e aleatório e de magnitudes da mesma forma imprevisíveis, tanto em características elétricas como em efeitos destruidores quando incindindo sobre estruturas, edificações e equipamentos.

É interessante saber que não existem meios práticos (de acordo com normas vigentes) que impeçam a queda de uma descarga atmosférica sobre estruturas, edificações e equipamentos, sendo desta forma todas as soluções utilizadas em Sistemas de Proteção de Descargas Atmosféricas (SPDA) formas de se amenizar o efeito possivelmente destruidor de uma destas descargas atmosféricas.

Devido a sua natureza devastadora a descarga atmosférica quando tem o ponto de impacto um ser humano, ou o ser humanos esteja nas proximidades de um ponto de impacto, haverá alta probabilidade  um eletrocutamento devido a passagem de corrente elétrica no corpo deste indivíduo o que acarretará serias lesões e provável morte devido as grandes correntes existentes em tais fenômenos naturais.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

8 comentários para “O que são descargas atmosféricas?”

  1. Joel Sanots

    Qual a melhor forma de prevenir descargas atmosféricas para quem trabalha em campo aberto? Seria possível prevenir com o uso de algum tipo de calçado de segurança conhecido no mercado?

    Responder
    • Henrique Mattede

      Os trabalhos em espaços abertos tem de ser cobertos por medidas a fim de se analisar a possibilidade de descargas atmosféricas. A descarga atmosférica não podem ser previstas com exatidão mas estudos quantos a umidade do ar e a possibilidade de chuvas podem melhorar a previsão de possíveis descargas.

      Responder
  2. Wesley da Silva

    Cada dia aprendo mas com vocês…meus parabéns pelo site.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Nós aprendendo todos os dias com vocês. Agradecemos muito por este apoio.

      Responder
  3. Antonio Pedro Costa Bezerra

    Muito satisfatório ler os comentários com atenção.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Antonio, obrigado por nos prestigiar!

      Responder
  4. Ana

    É verdade que arvores pontiagudas como esses pinheiros finos e altos atraem raios?

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)