A norma NR10 saliente em seus artigos a importancia de que todos que trabalhem em serviços e atividades que envolvam eletricidade direta ou indiretamente ou ainda em sua proximidade saibam de todos os riscos da atividade e como evitar que esse risco se torne um acidente.

São enormes os riscos que o trabalhador está sujeito quando opera com eletricidade. O contato com o corpo e as partes energizadas de uma instalação elétrica de baixa tensão produz o chamado “choque elétrico”, e se for de alta tensão, têm-se o “arco elétrico” que precede de contato, e em geral, leva à morte.

Em relação ao corpo humano, os acidentes com eletricidade se dividem em:

  • Eletrocussão, com morte consequente,
  • Eletro trauma (ou lesão por eletrização),

A eletrização é a exposição do corpo a uma descarga elétrica, sempre com resultado fatal, ela pode ocorrer tanto na baixa tensão como na alta tensão elétrica.

Enquanto o eletro trauma é o acidente que traz consequências físicas, orgânicas e mentais à pessoa humana.

Choque.

Choque em tomada.

Choque elétrico: mecanismos e efeitos

O choque elétrico é a sensação sentida por uma pessoa quando tem o seu corpo sujeitado à passagem de uma corrente elétrica, seja ela alternada ou contínua. Ele se manifesta por três formas distintas;

  • Eletricidade estática (tensão elétrica constante)
  • Eletricidade Dinâmica (tensão elétrica na forma de onda eletromagnética alternada ou contínua)
  • Descargas atmosféricas ou arcos elétricos.

No caso de choque por eletricidade estática, a manifestação do fenômeno normalmente se dá por um único pulso sensorial de descarga, muitas vezes de valor significativo, o qual é sentido pelas partes internas (micro choque) e externas (macro choque) do corpo, nos instantes em que ocorrem desligamento ou contatos com “partes vivas” da instalação, como, por exemplo, em conexões de baterias e em terminais de capacitores, que são aparelhos elétricos armazenadores de carga.

No caso de choque por eletricidade dinâmica, como ocorre na corrente alternada, a sensação que a pessoa experimenta é a de um violento estremecimento no corpo, seguido de um calor intenso no ponto de contato, esse estremecimento é tão mais intenso quanto maior for a tensão e a frequência elétrica aplicada, enquanto que a “queima” do corpo, no ponto de contato, é tão mais forte quanto maior for a intensidade da corrente sentida; neste caso, a corrente que flui através do corpo humano causa, dentro de poucos segundo, lesões nos tecidos nervosos e cerebrais por onde passa.

No caso das descargas atmosféricas provocadas por raios, essas lesões são instantâneas, gravíssimas e geralmente fulminantes.

Já nos acidentes com instalações elétricas de alta tensão sequer é preciso que haja o contato físico do corpo com as partes energizadas das instalações.

Os fatores que determinam a gravidade do choque elétrico são:

  • Percurso da corrente elétrica;
  • Características da corrente elétrica;
  • Resistência elétrica do corpo humano.

Percurso da corrente elétrica.

A figura abaixo demonstra os caminhos que podem ser percorridos pela corrente no corpo humano.

Gravidade do choque devido seu percurso.

Percurso da corrente elétrica.

Os choques em que a corrente elétrica perpassa o coração e ou cérebro são as que o risco de morte é maior.

Caracteristicas da corrente elétrica.

As características da corrente elétrica que influencia o choque elétrico são:

  • Tipo de corrente: Continua ou alternada, sendo dentre estas a alternada mais perigosa.
  • Intensidade da corrente que está circulando o corpo no momento do choque: Quanto maior a corrente maior a lesão.
  • Tempo de exposição: Apenas alguns milissegundos são suficientes para causar danos ou até mesmo a morte.

Resistência do corpo humano.

As partes do corpo que oferecem maior resistência à passagem da corrente elétrica são os ossos e a pele. A menor resistência da massa corporal se localiza na epiderme e nos músculos, onde se exala o suor (que é tão condutor quanto maior for o pH ou índice de salinidade) bem como os nervos e vasos sanguíneos.

É muito importante que se saiba dos riscos de um choque elétrico e o que ele causa a nosso corpo caso isso ocorra, deve-se respeitar a eletricidade e caso não saiba não se arrisque.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

27 comentários para “Os riscos do choque elétrico.”

  1. Flávio Augusto Resende de Siqueira

    Boa tarde Professor Henrique,

    Como vai, tudo bem?

    Parabéns pelos videos, informação e conhecimento nunca é demais.

    Atenciosamente,

    Flávio

    Responder
    • Henrique Mattede

      Agradeço o apoio e pela mensagem.
      Todos os dias é dia de aprender.
      Se ainda não nos segue, não deixe de se inscrever em nosso canal no youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Veja nossos vídeos e nos ajude com a divulgação.
      Postamos novos vídeos toda semana.

      Responder
  2. Thalys dos Santos Braga

    E muito legado o testo

    Responder
    • Henrique Mattede

      Obrigado, que bom que tenha gostado :)

      Responder
  3. Poliana

    Olá, eu achei bom o texto e tenho uma duvida: Quando uma pessoa leva um choque de alta tensão e consegue sobreviver, ela fica com alguma sequela? O que ocorre se ela tomar um novo choque só que de baixa tensão? Obrigada.

    Responder
    • Henrique Mattede

      O choque elétrico e sua gravidade dependem de muitos fatores como o nível de tensão, percurso da corrente elétrica pelo corpo, tempo de exposição, frequência da rede e outros. É Muito complicado prever sequelas ou não em um choque elétrico.

      Responder
  4. Jéssica Risi

    Afinal, a corrente produzida por um raio pode-se dizer que é contínua (DC)?

    Responder
    • Henrique Mattede

      Esta aí uma afirmação que eu nunca vi em literatura, acredito que sim, mas vou analisar e ver se leio isso em alguma literatura.

      Responder
    • Arthur Silva Filho

      Jéssica.
      Minha opinião sobre o assunto.
      Corrente elétrica. DC. Características elétrons possíveis e negativos se organizando na matéria.
      Corrente AC. É Necessário colocarmos em ordem e defasado em 120°. Através de geradores.
      Porém a energia produzida pelo raio. Sério da categoria DC!
      Pois é de geração por atrito.

      Obrigado Arthur

      Responder
      • Equipe Mundo da Elétrica

        Muito obrigado pela aula, fico contente em ter pessoas como você assistindo nosso canal.

  5. Januária

    Quero aqui contar o que eu passei, gostaria de que alguém me ajudasse com respostas pra algumas perguntas que eu quero entender. Sofri um choque muito forte que me sustentou e me levantou do chão fiquei suspensa pendurada com as mãos presas em um arame, estava com os pés molhados e sentia meus braços e meu pescoço quase saindo do meu corpo, conseguia gritar muito alto e tinha discernimento do que estava acontecendo ficando lucida o tempo todo, mesmo sentindo dor não sei explicar se era dor mas era uma coisa muito ruim tentando destruir queimar meus braços e quando não conseguia mas suportar comecei a perder a visão senti que um braço soltou fiquei pendurada só por um braço. Foi quando desligaram a chave geral e fui arremessada longe e com o impacto no solo fiquei com hematomas nas costas, acho que devo ter perdido os sentidos por alguns segundos, voltando a se logo em seguida. Segundo pessoas devo ter ficado pendurada com as mãos presas e recebendo choques que tentavam arrancar os meus braços mais ou menos uns dois minutos. Mesmo depois de tudo isso não fiquei com sequelas apenas senti cansaço, o corpo tremendo, muita vontade de beber água e gosto de sangue na boca. No dia seguinte muitas dores no corpo. Porquê eu não morri? Porque eu mesmo recebendo descargas nos braços conseguia gritar muito alto? Foi um milagre de Deus em minha vida? Gostaria muito de obter uma resposta.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Cada organismo reage de uma forma diferente ao choque elétrico, as considerando sua descrição foi mesmo muita sorte não ter sofrido grandes sequelas ou queimaduras. Nunca se deve beber água após este tipo de acidente sem antes ser consultada por um médico.

      Responder
  6. Antonio Francisco Batista de Oliveira

    E muito bom eletrica

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Nós também adoramos! =)

      Responder
  7. Antonio Francisco Batista de Oliveira

    E muito bom estudar eletricidade.

    Responder
  8. Edimarcio

    Gostaria de saber porque os riscos eletricos causam tanto acidentes e muitas das vezes acidentes graves.

    Responder
    • Henrique Mattede

      A eletricidade é extremamente prejudicial ao organismo, todo nosso organismo trabalha com base em eletricidade, mas com uma tensão, corrente e frequência muito específicos, qualquer corrente diferente desta que circula no nosso corpo causa muitos estragos.

      Responder
  9. Raquel Lima

    Bom dia! Aqui no meu trabalho recebemos pequenos choques diariamente, o tempo inteiro. Seja em contato com objetos ou mesmo entre as pessoas. Gostaria de saber, a longo prazo, quais seriam os efeitos desses choques, já que ocorrem com tanta frequencia. Obrigada!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Em pessoas sem nenhuma restrição cardiológica exemplo marca passo nenhuma.

      Responder
  10. Ana

    Estava com mãos e pés molhados quando coloquei a mão em um fio com eletricidade.A partir de então não vi mais nada desmaiei.Quando minha mente voltou não conseguia falar, nem me mexer e nem tampouco abrir os olhos.Sentia eletricidade por todo o meu corpo.Quando consegui abrir os olhos minhas mãos estavam queimadas. Quais outras sequelas eu poderia ter tido?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      As sequelas poderiam ser muitas dependendo da carga que passou pelo seu corpo.
      Procurou algum auxílio médico para verificar seu estado de saúde?

      Responder
  11. Micos

    Grande coisa

    Responder
  12. Geraldo

    Boa tarde professor Henrique!
    Também sou professor de eletrotécnica.
    Gostei das dicas de choque elétrico.
    Também gostei da maleta de choque Schinider.
    Onde posso comprar uma?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Estamos aguardando resposta da schneider electric.

      Responder
  13. Marçal Bracht

    Ser eletricista é muito bom, mas sempre temos que estar atentos saber o que e como fazer por isso não recomendo mexer sem ter conhecimento, muito bom seu comentário henrique.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Com certeza Marçal! Obrigado por participar!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)