É necessário aos eletricistas e profissionais que atuem nas proximidades de sistemas elétricos, saber quais os riscos que o mesmo corre. Além do choque elétrico, seguem abaixo os riscos adicionais.

Arcos elétricos

O arco voltaico caracterizado pelo fluxo de corrente elétrica através de um meio “isolante, como o ar, é geralmente produzido quando da conexão e desconexão de dispositivos elétricos e também em caso de curto-circuito. Um arco elétrico produz calor que pode exceder a barreira de tolerância da pele e causar queimadura de segundo ou terceiro grau.

O arco elétrico possui energia suficiente para queimar as roupas e provocar incêndios, emitindo vapores de material ionizado e raios ultravioletas.

No interior de painéis elétricos, os arcos voltaicos normalmente provêm de curtos-circuitos acidentais, principalmente se houver poeira condutiva sobre os barramentos elétricos, por estarem há muito tempo sem receber inspeção preditiva; estes últimos se manifestam mais durante a comutação ou chaveamento das cargas indutivas, sobretudo nas máquinas elétricas rotativas, de uso mais frequente nas indústrias.

Queimaduras

A queimadura elétrica está entre as mais graves lesões causadas ao corpo humano. Ela difere dos outros tipos de queimaduras por conta de um certo “fator iceberg “a lesão interna sempre é bem maior do que a epidérmica. Ela queima internamente com mais intensidade do que externamente.

A queimadura elétrica é mais intensa nos pontos de entrada e saída da corrente elétrica e tanto mais grave quanto maior for o valor da corrente e a sua respectiva duração.

O que fazer em caso de queimaduras.

Dicas para casos de queimaduras.

Quedas e precipitações

Pode haver consequências graves para as pessoas que, recebendo um choque elétrico ou sendo atingidas por arco voltaico, sofram quedas.

Nos trabalhos em linhas elétricas, as estatísticas demonstram que este é um dos acidentes mais comuns nas concessionárias de energia elétrica, muitas vezes, isso ocorre por conta de imprudência, negligência, imperícia ou mesmo autoconfiança.

Campos eletromagnéticos

É gerado quando da passagem da corrente elétrica alternada nos meios condutores. Os efeitos danosos do campo eletromagnético nos trabalhadores manifestam-se especialmente, quando na execução de serviços de transmissão e distribuição de energia elétrica, nas quais se empregam elevados níveis de tensão. Os efeitos possíveis no organismo humano decorrente da exposição ao campo eletromagnético são de natureza elétrica e magnética. Os efeitos do campo elétrico já foram mencionados acima. Quanto aos de origem magnética citamos os feitos térmicos, endócrinos e suas possíveis patologias produzidas pela interação das cargas elétricas com o corpo humano. Não há comprovação científica, porém há indícios de que a radiação eletromagnética criada nas proximidades de meios com elevados níveis de tensão e corrente elétrica possa provocar a ocorrência de câncer, leucemia e tumor no cérebro. As principais ondas são de radio, TV, microondas, raios X e raios gama.

Explosão, incêndio e choque acústico

Explosão provocada por arco elétrico, centelhamento de escovas de motores em presença de gases e vapores explosivos. Incêndio provocado por curto-circuito em presença de materiais combustíveis. Choque acústico provocado por deslocamento de ar devido a explosões – de trovão, por exemplo.

Riscos de ataque de insetos

Ataques de insetos, tais como abelhas e marimbondos, ocorrem na execução de serviços em torres, postes, subestações, leitura de medidores, serviços de poda de árvore e outros.

Abelhas infestam o poste.

Enxame de abelhas em poste.

Ataque de animais

Ocorre, sobretudo nas atividades de construção, supervisão e manutenção em redes de transmissão em regiões silvícolas e florestais. Atenção especial deve ser dada a possibilidade de picadas de animais peçonhentos nessas regiões.

Riscos em ambientes fechados (confinados)

Os trabalhos em espaços fechados, como caixas subterrâneas e estações de transformação e distribuição, expõem os trabalhadores ao risco de asfixia por deficiência de oxigênio ou por exposição a contaminantes nas atividades do setor elétrico.

Riscos ergonômicos

São significativos, nas atividades do setor elétrico, os riscos ergonômicos, relacionados aos fatores:

Biomecânicos, posturas não fisiológicas de trabalho provocadas pela exigência de ângulos e posições inadequadas dos membros superiores e inferiores para realização das tarefas, principalmente em altura, sobre postes e apoios inadequados, levando a intensas solicitações musculares, levantamento e transporte de carga, etc.

Organizacionais, pressão do tempo de atendimento a emergências ou a situações com períodos de tempo rigidamente estabelecidos, realização rotineira de horas extras, trabalho por produção, pressões da população com falta do fornecimento de energia elétrica.

Psicossociais, elevada exigência cognitiva (conhecimento) necessária ao exercício das atividades associada à constante convivência com o risco de vida devido à presença do risco elétrico e também do risco de queda (neste caso, sobretudo para atividades em linhas de transmissão, execução em grandes alturas).

Ambientais, representado pela exposição ao calor, radiação, intempéries da natureza, agentes biológicos, etc.

E lembre-se segurança em primeiro lugar.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

25 comentários para “Quais riscos correm os eletricistas além do choque elétrico?”

  1. Bruno

    Boa noite,

    Gostaria de saber qual a diferença entre arco voltaico e campo eletromagnético!

    Desde já agradeço!

    Responder
    • Henrique Mattede

      O Arco voltaico é um efeito causado entre dois eletrodos enrizados ou entre eletrodo e terra quando ocorre o rompimento da resistência do ar (rompimento do dielétrico) isso causa uma descarga pelo ar.
      O campo eletromagnético é gerado sempre que uma corrente elétrica percorre um condutor.
      Se ainda não nos segue, não deixe de se inscrever em nosso canal no youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Veja nossos vídeos e nos ajude com a divulgação.
      Postamos novos vídeos toda semana.

      Responder
  2. Virginia

    Bom dia, gostaria de saber quem escreveu sobre que a queimadura elétrica esta entre as mais graves lesões causadas pelo corpo humano. Ela difere dos outro tipos de queimaduras…

    Responder
    • Henrique Mattede

      Por que a dúvida? Eu mesmo escrevi.

      Responder
      • Ola

        Puta que pariu

      • Equipe Mundo da Elétrica

        ?

  3. Cleiton dos Anjos Reis

    Muito bom…amei

    Responder
    • Henrique Mattede

      Obrigado, que bom que tenha gostado :)

      Responder
  4. Waldomiro

    Muito boa essa exposição, parabéns.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Obrigado. Agradeço este apoio.

      Responder
  5. Joselito Santos de Santana

    Gosto desta marca, e quero parabeniza-los marca ser lançada no mercado!

    Responder
    • Henrique Mattede

      Sobre qual marca está falando?

      Responder
  6. André Mathe

    Boa tarde
    Gostaria de saber quais são as técnicas de primeiros socorros após alguém tomar um choque elétrico.

    Responder
  7. Armando Mapunga

    Quais são as vantagens e desvantagens de acidentes da corrente electrica?

    Responder
    • Henrique Mattede

      Não existe nenhuma vantagem em se acidentar com corrente elétrica, alias nenhum acidente tem vantagem. :(

      Responder
  8. Antonio Maximiano

    Como mexer em uma eletricidade quando o poste fica na Chuva?

    Responder
    • Henrique Mattede

      Não é recomendado que se trabalhe com eletricidade na chuva.

      Responder
  9. Mack Mahon

    Agradeço muito pela Matéria.

    Aminha questão é o seguinte, É possível pegar no Negativo e positivo ao mesmo tempo e suspender a respiração.Sem que haja danos corporas.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Olha independente de prender ou não a respiração vai haver choque elétrico e provavelmente danos corporais.

      Responder
  10. Vitoriano de Assunção Souza

    Oi. Gostaria muito de fazer parte desse grupo. Muito bom

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Já esta inscrito em nosso canal?

      Responder
  11. Emerson

    Muito bom artigo, pra gente que trabalha na área, alguns colegas tem essa auto confiança e não usam os EPIs fornecido pela empresa

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      A utilização do EPI é de extrema importância para a segurança e prevenção contra acidentes, já presenciei muitos acidentes no qual o capacete salvou vidas.

      Responder
  12. Alessandro

    Muito bom, pessoal. Parabéns! O uso do EPI é fundamental, mas os procedimentos de segurança devem ser seguidos efetivamente. Não podemos esquecer de um equipamento considerado como anjo da guarda do eletricista, que é o detector de tensão. Muitos acidentes são evitados com o uso desse equipamento.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Com certeza Alessandro! Segurança em primeiro lugar! OBrigado por participar!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)