Picos de energia – O que são e como acontecem?

Você sabe o que são picos de energia? Sabe o que é corrente e tensão de pico? No artigo de hoje, o Mundo da Elétrica vai te ensinar tudo sobre esse assunto. Então, vamos lá pessoal!

O que são os picos de energia?

As descargas elétricas, mais conhecidas por picos de energia, nada mais são do que súbitos aumentos na tensão do fornecimento de energia, resultando em tensões temporárias na linha de alimentação.

Os picos de energia são caracterizados por oscilações súbitas na frequência da rede de energia elétrica!

O que causa picos de energia?

Uma das principais razões que ocasionam o pico de energia é a queda de raios, uma vez que os raios são descargas de alta intensidade energética!

Segundo informações do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), entende-se que a carga elétrica de um único raio possui em torno de 30 mil ampères. Sendo assim, a força é cerca de 1000 vezes a de um chuveiro elétrico em pleno funcionamento.

Se um único raio pode causar danos enormes, é possível entender o risco de quem vive no Brasil, que é um dos países com maior incidência desse fenômeno em todo o planeta! Segundo o levantamento do INPE, a média nacional de queda de raios no Brasil é de 78 milhões!

Por mais simples que pareça, esse aumento na tensão pode causar uma alteração muito grande em Volts em menos de um segundo! Com isso, danos nas linhas de transmissão de eletricidade, queda de um poste ou o seccionamento de máquinas de alta potência, equipamentos defeituosos são consequências decorrentes dos picos de energia!

Os dispositivos eletrônicos estão ficando cada vez mais sofisticados e delicados, consequentemente, estão mais sensíveis a variações bruscas de corrente e tensão. Com o pico de energia, há um aumento significativo na potência, o que pode queimar os equipamentos!

Além disso, paradas na linha de produção causam prejuízos altíssimos que poderiam ser evitados com a utilização de técnicas para lidar corretamente com os picos de energia!

Como evitar os picos de energia?

Uma maneira eficaz de proteger prédios, antenas, instalações industriais, tanques, tubulações e pessoas contra as descargas atmosféricas, é com os sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA)!

Eles são compostos por dispositivos instalados nos pontos mais altos das instalações e estruturas, proporcionando um caminho para terra com a menor resistência elétrica possível.

Dessa forma, a corrente gerada pela descarga atmosférica flui em direção a terra sem danificar equipamentos ou estruturas, além de proteger as pessoas dentro da instalação.

Existem também alguns aparelhos que evitam a perda de equipamentos eletrônicos por picos de energia, dentre eles podemos citar:

Esses equipamentos têm a função de estabilizar a energia nas situações em que há pequena variação! Eles possuem um limite de tolerância que determina até que potência eles conseguem neutralizar, evitando que os eletrônicos acabem queimados.

Estabilizadores

Os estabilizadores têm como função corrigir a tensão e disponibilizar energia estabilizada aos equipamentos conectados a ele, atuando quando há sobretensão, provendo sempre energia confiável. Eles protegem os equipamentos contra surtos elétricos!

Os estabilizadores podem ter filtros de linha internos, que protegem os aparelhos quando há pico de tensão. São utilizados principalmente em residências e podem ajudar a proteger mais de um equipamento, uma vez que têm a capacidade de conectar diversas tomadas.

É possível observar alguns modelos de estabilizadores na imagem abaixo.

Equipamentos contra surtos elétricos.

Modelos de estabilizadores.

No-breaks

Os nobreaks são equipamentos que alimentam os dispositivos conectados em caso de falta de energia ou oscilações da rede elétrica. Assim, atuam em duas frentes:

Muitas pessoas pensam que esses aparelhos são voltados apenas para empresas ou indústrias, mas existem nobreaks de diferentes portes! Saiba que existem modelos que podem funcionar dentro de uma residência sem gasto excessivo com energia. Na imagem abaixo, é possível observar alguns modelos.

Equipamentos contra surtos elétricos.

Imagem de modelos de no-breaks.

Protetores eletrônicos

Os protetores eletrônicos são parecidos com extensões de tomada, como podemos ver na imagem abaixo. Porém, eles têm função de proteção contra sobrecarga, curto-circuito e surto de tensão.

Equipamentos contra surtos elétricos.

Modelos de protetores eletrônicos.

Assim, além de servir como uma extensão, eles também são uma forma de assegurar que os aparelhos conectados não irão queimar com alterações na rede elétrica!

Dicas para evitar prejuízos

Para aprender mais sobre os surtos elétricos, recomendamos que você assista o vídeo abaixo do canal Mundo da Elétrica!

Não se esqueça de compartilhar esse artigo e de nos seguir nas redes sociais! Você também pode deixar dúvidas ou sugestões nos comentários, que nós iremos te responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário