É muito importante que sejam definidas nas instalações prediais sistemas que protejam todos aqueles que utilizam do espaço, entre muitos cuidados e sistemas devem ser tomadas medidas para que se minimizes os impactos das descargas atmosféricas. Com este intuito a ABNT criou normas para diversas áreas incluindo uma norma para a proteção de estruturas contra descargas atmosféricas.

A ABNT é difinido como:

A ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).

A NBR 5419 – Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas, é a norma que trata dentre outros importantes assunto do SPDA (sistemas de proteção contra descargas atmosféricas). Seu campo de aplicação é definido na própria norma em seu capitulo 1.

1.1 Esta Norma fixa as condições exigíveis ao projeto, instalação e manutenção de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) de estruturas (definidas em 1.2), bem como de pessoas e instalações no seu aspecto físico dentro do volume protegido.

SPDA em edifício.

Sistema SPDA em edifício.

Abrangendo aspectos como projeto, instalação e manutenção torna-se esta norma padrão para qualquer consulta referente a este sistema em específico. a norma ainda dita no item 1.2 que esta norma a quais os tipos de instalações a mesma se refere.

1.2 Esta Norma aplica-se às estruturas comuns, utilizadas para fins comerciais, industriais, agrícolas, administrativos ou residenciais, e às estruturas especiais previstas no anexo A.

Sendo as estruturas constantes do anexo A:

  • A.1 Chaminés de grande porte;
  • A.2 Estruturas contendo líquidos ou gases inflamáveis;
  • A.3 Antenas externas;
  • A.4 Aterramento de guindastes/gruas;

Esta compreendido ainda no seu item 1.3 as instalações as quais a NRB 5419 não se aplica:

1.3 Esta Norma não se aplica a:

a) sistemas ferroviários;

b) sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica externos às estruturas;

c) sistemas de telecomunicação externos às estruturas;

d) veículos, aeronaves, navios e plataformas marítimas.

Um ponto importante que a norma trata esta descrito em seu item 1.4 que é a exclusão da norma NBR 5419 a proteção de efeitos e interferências eletromagnéticas causada em equipamentos elétricos e eletrônicos que sejam provenientes das descargas atmosféricas. Veja o que diz o item:

1.4 Esta Norma não contempla a proteção de equipamentos elétricos e eletrônicos contra interferências eletromagnéticas causadas pelas descargas atmosféricas.

Existem uma grande dúvida entre os profissionais da eletricidade que desconhecem a norma NBR 5419 com relação a responsabilidade sobre a proteção a interferências eletromagnéticas, fica claro pelo item acima que independente da utilização de um SPDA outros sistemas que protejam contra tais interferências devem ser adotados.

E o ultimo item do tópico 1 desta norma concede autonomia a outros órgãos públicos para criar regulamentação sobre o tema.

1.5 A aplicação desta Norma não dispensa a observância dos regulamentos de órgãos públicos aos quais a instalação deva satisfazer.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

8 comentários para “A NBR 5419 – Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas.”

  1. Domingos Miguel Cani

    Quero a prender mas

    Responder
    • Henrique Mattede

      Basta nos acompanhar e vamos aprendendo juntos.

      Responder
  2. Francisco Santiago

    Boa tarde, em uma estrutura de 110 metros quadrados com telhado em aluminio com colunas e estrutura em aço onde funciona um lava jato, pergunto: se há necessidade de aterramento da estrutura?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Com todo certeza que é preciso ser feito aterramento.

      Responder
  3. Gabriel

    Gostaria de saber se este post está atualizado, pois a NBR 5419 foi atualizada em 2015

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Ainda não tivemos acesso a norma, por isso não está atualizado.

      Responder
  4. Vilnei Andre

    Caro prof. Henrique Mattede.
    Gostaria de contar com o teu apoio. Recentemente, solicitamos à um eng. De elétrica para verificar o nosso SPDA (predial). Após a visita(verificação), ele fêz uma correção no sistema e criou um “looping ” no cabo do SPDA, interligando com um cabo de cobre, as antenas parabólicas qua estão próxima ao SPDA de maneira que o cabo após interligá-las, retorne ao mesmo cabo do SPDA existente. As minhas dúvidas : posso fazer este arranjo deixando que o cabo toque o piso(paredes das adjacências do SPDA)? A antenas parabólicas não são isoladas nas suas bases e isso é potencialmente correto, para o sistema? As outras antena pabólicas que estão imediatamente abaixo ( desnível de 4, 5m ) terão que ser providas desse ” looping “. O suporte do sistema de iluminação aérea (ponto mais alto) terá que ser atendido pelo cabo que interliga as parabólicas.? Em aguardo.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Peço desculpas pela demora, estamos com muitos comentários para responder e tirar dúvidas, como ficou decidido a instalação do SPDA?

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)