Quantos circuitos deve ter uma instalação elétrica? Existe um número máximo ou mínimo de circuitos em uma instalação elétrica? Neste artigo o Mundo da Elétrica responde estas perguntas.

Circuito Elétrico

O circuito elétrico é um ou mais caminhos fechados em que se percorre a corrente elétrica. Todo circuito elétrico funcional é composto por uma fonte de tensão elétrica, onde há uma diferença de potencial elétrico. O segundo elemento de um circuito é uma carga que irá consumir energia elétrica e transformá-la em outra energia utilizável.

Por último temos os condutores elétricos (cabos elétricos), que são responsáveis por conduzir a corrente elétrica entre a fonte que a produz e a carga que a consome. O circuito também pode ter componentes de controle e comando das cargas, como por exemplo um interruptor para ligar e desligar a lâmpada do circuito.

Instalação Elétrica

A instalação elétrica é composta dos componentes das ligações elétricas, responsável por realizar a conexão entre a fonte geradora de energia elétrica e as cargas elétricas. Nas instalações elétricas em baixa tensão, a fonte geradora vem da concessionária e as cargas são os eletrodomésticas e eletroeletrônicos que conectamos nas tomadas.

Uma instalação elétrica pode ser dividida nas seguintes partes:

  • Infraestrutura da instalação elétrica: São os eletrodutos, caixas de passagem, caixa de medidores, fixadores para cabos, eletrocalhas, suportes etc.
  • Medição e proteção: É composta por todos os medidores, disjuntores, fusíveis e relés que monitoram e protegem as instalações elétricas.
  • Cabeamento: São os condutores responsáveis por conectar a fontes às cargas elétricas, como equipamentos elétricos e eletrônicos, motores etc.
  • Controle: A parte de controle são os interruptores para o sistema de iluminação, sensores para automatização ou sistemas para controle de uma bomba de piscina. Sua função é ligar e desligar as cargas.

Quantos circuitos pode ter na instalação?

Uma dúvida muito comum em relação aos circuitos de uma instalação é se existe um número de circuitos definido por regra para uma instalação. Para esclarecer qualquer dúvida devemos sempre consultar a norma NBR 5410. A norma NBR 5410 tem alguns trechos que falam sobre a divisão da instalação.

O primeiro item do trecho divisão da instalação é o 4.2.5.1, observe na imagem abaixo que o item 4.2.5.1 diz que: “A instalação deve ser dividida em tantos circuitos quantos necessários, devendo cada circuito ser concebido de forma a poder ser seccionado sem risco de realimentação inadvertida através de outro circuito.”

A instalação deve ser dividida em tantos circuitos quantos necessários.

Item 4.2.5.1 da norma NBR 5410.

Outro item da norma que fala sobre a divisão da instalação é o 4.2.5.5, observe na imagem abaixo que o item 4.2.5.5 diz que: “Os circuitos terminais devem ser individualizados pela função dos equipamentos de utilização que alimentam. Em particular, devem ser previstos circuitos terminais distintos para pontos de iluminação e para pontos de tomada.”

Os circuitos terminais devem ser individualizados pela função dos equipamentos.

Item 4.2.5.5 da norma NBR 5410.

Em um outro trecho da norma que também trata de divisão da instalação, no item 9.5.3.1 diz que: “Todo ponto de utilização previsto para alimentar, de modo exclusivo ou virtualmente dedicado, equipamento com corrente nominal superior a 10A deve constituir um circuito independente.”

Equipamento com corrente nominal superior a 10A deve constituir um circuito independente.

Item 9.5.3.1 da norma NBR 5410.

Nesses três itens já podemos entender que não existe um número máximo ou mínimo de circuitos em uma instalação, mas sim que cada instalação pode ser diferente.

Como vimos no item 9.5.3.1, considerando a corrente de 10A para definir um limite para os circuitos, a indicação é que na tensão de 120V, a gente tenha um circuito a cada 1200W de potência. Se nesta instalação houver qualquer aparelho com uma potência maior que 1200W, deve haver um circuito exclusivo para este aparelho. O mesmo ocorre na tensão de 220V, porém o limite de potência é diferente, passa de 1200W para 2200W.

Outra dúvida muito frequente é como funciona esquema de elétrico residencial. Neste vídeo do canal Mundo da Elétrica, explicamos como é esquema de elétrico residencial simples.

No site e no canal do Mundo da Elétrica estão repletos de conteúdos sobre diversos temas, sendo assim fique à vontade para acessar os artigos e vídeos relacionados ao assunto. Caso tenha ficado alguma dúvida ou curiosidade sobre o assunto, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)