Uma grandeza é algo que pode ser medido, mensurado e neste contexto uma medida é uma comparação com um parâmetro pré estabelecido. Em elétrica existem muita grandezas como corrente elétrica, tensão elétrica, potência elétrica e muitas outras, vamos falar de algumas um pouco menos conhecida mas importantes pois tratam da luminotécnica, área da elétrica que trata dos assuntos referente a iluminação.

Cada fabricante coloca na embalagem de suas lâmpadas informações sobre essas grandezas para que os projetistas de sistemas de iluminação bem como arquitetos e paisagistas possam dimensionar corretamente em seus projetos qual tipo de lâmpada e qual marca se enquadra melhor na instalação do projeto.

O INMETRO faz testes com regularidade para ver quais fabricantes realmente atendem as especificações de suas embalagens.

É necessário conhecer alguns conceitos de Grandezas Fotométricas  pois serão muito importantes para a escolha das lâmpadas adequadas.

Cores variadas em uma lâmpada.

Lâmpadas coloridas.

Fluxo Luminoso:

Fluxo luminoso é a quantidade de luz emitida por uma fonte luminosa na unidade de tempo (segundo). A unidade de medida do Fluxo Luminoso: lúmen (lm). Fazendo uma analogia com a hidráulica pode-se ter: é quantidade de água que sai de uma torneira, por segundo.

Eficiência Luminosa:

Eficiência Luminosa é a razão entre o Fluxo Luminoso emitido e a Potência Elétrica absorvida. Esta relação expressa o rendimento de uma lâmpada. Quanto maior for a Eficiência Luminosa, mais vantajosa e econômica será a lâmpada, isto é, gasta-se menos Watts para iluminar uma determinada área. A unidade de medida da Eficiência Luminosa é Lúmen por Watt (lm/W). Fazendo uma analogia com a hidráulica pode-se ter: é a relação entre a quantidade de água que sai de uma bomba indo até uma determinada altura e a potência elétrica necessária para isso.

Temperatura de Cor (K):

A iluminação com um tom mais avermelhado,é denominada de luz “quente”. Se o tom é mais azulado, a iluminação é denominada de luz “fria”. Do nascer, ao por do sol, poderá ter todas as variações de iluminação: do avermelhado ao azul. Essas variações são as Temperaturas de Cor. A Temperatura de Cor é medida em graus Kelvin (K). Quanto maior for o número, mais fria é a cor da lâmpada. Por exemplo: uma lâmpada de temperatura de cor de 2.700 K tem tonalidade quente, uma de 6.500 K tem tonalidade fria. O recomendável para uma residência, é que a iluminação varie entre 2.700 K e 5.000 K, de acordo com o tipo de ambiente. Nos quartos, por exemplo, a iluminação mais “quente”, poderá tornar o ambiente mais aconchegante. Existem no mercado diversos tipos de lâmpadas com diversas Temperaturas de Cor.

Reprodução de cores.

Reprodução de cores em um fachada.

Índice de Reprodução de Cor (IRC):

Quanto mais próximo for esse índice de 100, mais eficiente será a reprodução de cor, da lâmpada. A cor vermelha será enxergada vermelha e a cor branca, será vista branca, como por exemplo. Em uma residência, é recomendável que se utilize lâmpadas com IRC acima de 80, de modo a ter uma boa reprodução de cores.

O Índice de Reprodução de Cor de uma lâmpada, para reproduzir corretamente as cores (IRC) independe de sua Temperatura de Cor (K). Poderá existir um tipo de lâmpada com mais de Temperatura de Cor diferente, mas com o mesmo IRC.

É importante que o eletricistas conheça estas grandezas para poder dimensionar corretamente e além disso escolher o melhor padrão de iluminação para cada ambiente.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

6 comentários para “Grandezas fotométricas.”

  1. Luis Henrique Andrade dos Reis Silva

    Uma pergunta, como escolher uma melhor lampada de acordo com a altura do ambiente?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Muito boa dica, irei anotar e fazer um vídeo demonstrando qual é a melhor lampada.

      Responder
  2. Emerson

    Muito bom…e de suma importancianeto em geral dentro da profissão..

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Com certeza Emerson!

      Responder
  3. Geraldo Ribeiro de Brito L

    Muito obrigada pelas dicas.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Sempre a disposição Geraldo!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)