Quando observamos a questão da evolução tecnológica, notamos que a utilização de aparelhos cada vez mais modernos é muito grande. Com isso, a dependência de energia elétrica também cresceu bastante.

Como sabemos, o processo para a energia chegar até você é bem complexo e não funciona por mágica! É necessário que diversos profissionais eletricistas que desempenham diferentes funções trabalhem arduamente para que tudo isso aconteça.

Todo o conhecimento deste profissional é muito importante para que a execução das tarefas sejam perfeitamente realizadas, mas se este profissional não atentar para os quesitos de segurança, as chances de um acidente em seu servição serão muito grandes.

Cheque a utilização dos equipamentos de proteção individual, também conhecidos como EPI. Os profissionais eletricistas estão expostos todos os dias a diversos riscos graves e a utilizando do EPI é indispensável.

Eletricistas, como cuidar do seu EPI?

Quais são os equipamentos de proteção individual que os eletricistas devem usar?

EPI para eletricistas: Qual a importância?

Uma das formas de avaliar um bom profissional é analisando como ele cuida da própria segurança, visto que se ele não cuida bem de si, qual a garantia de que irá se preocupar com a segurança das pessoas que vão circular no local onde ele realizou algum trabalho?

Este artigo serve tanto para o cliente que pode observar o eletricista nos aspectos citados, quanto para o próprio eletricista, que além de passar uma imagem mais profissional para o cliente, também visa trabalhar dentro das normas corretas, cuidando de forma efetiva da sua própria segurança que é foco principal em questão.

EPI para eletricistas: Quais são?

Para permitir a realização do trabalho de maneira eficaz e sem nenhum risco, o eletricista deve ter sempre contigo os equipamentos de proteção individual relacionados à sua área, são eles:

  • Ferramentas adequadas – Além de contar com ferramentas de boa qualidade, os eletricistas devem usar sempre aquelas que possuem um cabo ou protetor de borracha com a função de isolante.
  • Capacete – O uso do capacete é fundamental para garantir a segurança contra impactos na região da cabeça.
  • Capa protetora – Esta capa deve ter um revestimento em borracha atuando com a função isolante, usada na isolação de barramentos de forma a criar uma barreira isolante por exemplo.
  • Luvas e sapatos de borracha – Ambos tem duas funções, a primeira é a proteção das mãos e dos pés e a segunda é para atuar como isolante, por isso ambos devem ser de borracha. Em caso de luva isolante devem ser analisados a tensão de trabalho e a tensão de isolação da luva, ambos devem ser compatíveis.
  • Óculos de proteção – Este equipamento visa proteger os olhos de qualquer objeto estranho. Alguns capacetes contam com uma viseira geralmente de acrílico, ela também tem este objetivo.
  • Cinto de segurança e travas de proteção – Estes devem ser utilizados pelos eletricistas que desempenham trabalhos a mais de 2 metros do chão.  

EPI para eletricistas: Como cuidar?

Após a utilização do equipamento de proteção individual, o mais indicado é limpá-lo e guardá-lo corretamente, desta forma o seu tempo de vida útil será muito maior. A manutenção da boa condição de uso deste EPI é tão importante quanto a sua própria utilização. Não adianta usar um equipamento de proteção que não está dentro das normas ou em péssimo estado de conservação. Sendo assim, cuide bem do seu EPI e na hora de comprá-lo, pesquise as marcas e veja se elas foram aprovadas pelo órgão responsável.

Considerações finais

É importante frisar que mesmo tomando todos os cuidados, o eletricistas é um profissional sujeito a vários riscos e acidentes, mas eles ocorrem com muito mais frequência e com consequências muito mais graves, quando há imprudência e/ou negligencia dos profissionais.

Para as empresas, é muito importante informar aos seus funcionários quais são os riscos, instruir sobre os equipamentos de proteção individual e a maneira correta de usá-los, além de vistoriar esta utilização posteriormente.

Para evitar problemas futuros, certifique-se que uma declaração foi entregue e assinada por todos os funcionários, confirmando o recebimento dos equipamentos de segurança e das instruções de utilização. Assim como o trabalho elétrico deve ser realizado pelos eletricistas, esta orientação e vistoria sobre o uso de EPI também deve ser sempre desenvolvidas por profissionais devidamente qualificados da área, ou seja, um técnico de segurança.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)