Você é eletricista autônomo e trabalha sozinho? Você sabe o que a norma fala sobre o eletricista realizar trabalhos sozinhos? Neste artigo vamos falar se o eletricista pode trabalhar sozinho e em quais situações o eletricista deve trabalhar em dupla. Vamos lá!

Eletricista pode trabalhar sozinho?

Na área industrial é muito comum que o eletricista trabalhe em dupla com outro eletricista ou com um ajudante de elétrica. Por isso, muita gente acha que isso é uma regra, mas será que todo eletricista precisa trabalhar em dupla? Já que estamos falando de uma questão de segurança em eletricidade temos que consultar a NR 10.

NR 10

NR 10 é uma norma regulamentadora que estabelece a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, para garantir a integridade dos trabalhadores que trabalham em instalações elétricas e serviços com eletricidade, direto ou indiretamente.

A NR 10 se aplica nas fases de geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica, incluindo as etapas de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas proximidades.

A NR 10 tem um único tópico que trata de trabalho individual de eletricista, que está no item 10.7.3. O item 10.7.3 fala que “Os serviços em instalações elétricas energizadas em AT, bem como aqueles executados no Sistema Elétrico de Potência – SEP, não podem ser realizados individualmente.”‘

O eletricista não pode trabalha sozinho em AT e SEP.

Item 10.7.3 da norma NR 10, que fala r sobre obrigação de eletricista trabalhar sozinho.

A norma NR 10 fala que tensão superior a 1000 volts em corrente alternada ou 1500 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra é alta tensão (AT). Já SEP é o conjunto das instalações e equipamentos destinados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica até a medição, inclusive.

A norma deixa bem claro que somente em serviços de AT ou no SEP, não pode trabalhar individualmente, sendo assim em AT e SEP o eletricista vai precisar de trabalhar em dupla ou ajudante para não realizar trabalho sozinho. Já em baixa tensão e extra-baixa tensão, a norma não cria proibição para o trabalho individual, sendo assim eletricista industrial que executa trabalhos na baixa tensão pode sim trabalhar sozinho.

A baixa Tensão (BT) é tensão superior a 50 volts em corrente alternada ou 120 volts em corrente contínua e igual ou inferior a 1000 volts em corrente alternada ou 1500 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra. Já extra-baixa tensão é tensão inferior a 50 volts em corrente alternada ou 120 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra.

Vantagens – Ajudante

Sabemos que a profissão que envolve eletricidade é muito imprevisível podendo gerar acidentes, por esse motivo é muito importante ter o treinamento de NR 10 sempre em dia, tanto o eletricista quanto o ajudante de elétrica.

A norma NR 10 não obriga o eletricista ter um ajudante para trabalhar em baixa tensão elétrica. Porém ter um ajudante de elétrica é muito mais cômodo, pois existem grandes vantagens que um ajudante de eletricista pode trazer na execução dos trabalhos como:

Segurança para o eletricista

A primeira vantagem e mais importante é em questão de segurança. Ao realizar trabalhos em eletricidade corremos grandes riscos de sofrer um choque elétrico, por esse motivo sempre é bom trabalhar com um ajudante, pois caso ocorra um acidente sempre terá uma pessoa para auxiliar pedindo socorro ou fazendo os primeiros socorros.

Auxiliar em trabalho em altura

Grande parte dos eletricistas sempre estão em grandes alturas realizando troca de lâmpadas, instalação de ventilador, lustre etc. A NR 35 é a norma que estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, então é importante o eletricista que está constantemente trabalhando em altura ter treinamento de NR 35, para complementar seu currículo e principalmente para a segurança da sua vida. Porém mesmo tendo um bom treinamento de NR 35 e ótimos equipamentos, ter um ajudante para auxiliar com amarração de cordas, segurar escadas, manter pessoas distantes do local de trabalho é uma segurança a mais para o eletricista.

Transportar equipamentos e ferramentas

Um bom eletricista sempre tem grande variedade de ferramentas e equipamentos para realizar o serviço de maneira adequada, com isso dificultando uma pessoa carregar essas ferramentas para todos locais da obra. O ajudante além de ajudar a carregar as ferramentas e equipamentos, também pode realizar limpeza e manutenção simples nas ferramentas e equipamentos, assim sempre deixando as ferramentas e equipamentos pronta para o uso.

Passagem de cabos

A passagem de cabos nem sempre é uma atividade fácil de realizar sozinho ainda mais em grandes distâncias. O ajudante é fundamental para ajudar na passagem dos  cabos, pode ficar em outro ponto da instalação puxando os fios para que não trave nos eletrodutos, assim agilizando o serviço e evitando dor de cabeça.

Entrega de trabalho

O relógio é  o grande inimigo dos eletricistas para a entrega do serviço. E contratando um ajudante contribui muito para reduzir o prazo de entrega do serviço, dessa forma sendo realizado no tempo correto, pois com um ajudante o eletricista pode realizar tarefas mais complexas como por exemplo fechamento de QDC. Enquanto isso o ajudante pode realizar como por exemplo, realizar as instalações de tomadas, interruptores, espelhos etc. Assim o tempo perdido, caso estivesse trabalhando sozinho.

Grande parte dos eletricistas autônomos pensam que contratar um ajudante velar a falência, porém não é isso que vai levar o eletricista a falência. Abaixo temos um vídeo do Mundo da Elétrica mostrando cinco erro que levam o eletricista a falência.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou curiosidade sobre o assunto, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)