Existem dispositivos que são capazes de controlar a intensidade luminosa de determinadas lâmpadas, sendo os dimmers responsáveis por este processo. Saiba as características de funcionamento de um dimmer, além de conhecer os modelos mais sofisticados e modernos disponíveis no mercado, vamos lá pessoal!

O que são dimmers?

Os dimmers são dispositivos que possuem a capacidade de regular gradativamente a intensidade do brilho emitido pelas lâmpadas, através do controle da intensidade da corrente elétrica. Dessa forma, alterando a aparência visual e o clima de determinados ambientes. Além dos reguladores de intensidade luminosa citados anteriormente, existem outros modelos que são utilizados em equipamentos de até 1000 W.

Para que serve um dimmer?

Através do dimmer é possível economizar energia, desde que faça a utilização do dispositivo de forma controlada e consciente. Uma das maneiras de economizar energia é utilizando este variador de luminosidade, que tem como objetivo regular a intensidade luminosa de acordo com a necessidade do local, utilizando apenas o necessário! Além do dimmer ser útil para ajudar na diminuição do consumo de energia elétrica, ele pode ser utilizado em ambientes específicos, onde é necessário baixa intensidade luminosa em determinados períodos do dia ou a caráter decorativo como por exemplo, iluminação de jardins.

Variador de luminosidade Schneider.

Dimmer da linha Orion, Schneider.

Funcionamento de um dimmer:

Os reguladores de luminosidade mais antigos funcionam basicamente utilizando a lei de Ohm para seu funcionamento, porque usam um potenciômetro que são resistores variáveis que conseguem determinar o valor da resistência que ele oferece à passagem das cargas elétricas. O consumo de energia que o resistor variável oferece faz com que o valor da tensão diminua, dessa forma uma baixa tensão passa pela lâmpada ocasiona em uma menor intensidade de brilho.

A economia no consumo de energia usando o dimmer também é uma das suas vantagens, porém não são todos os modelos que dispõe deste recurso! Em alguns modelos mais antigos isso não é possível, porque em seu funcionamento a energia que iluminaria totalmente um ambiente é a mesma quantidade usada para iluminar com a intensidade mais baixa de luz, pois parte desta energia é consumida pelo material resistivo do potenciômetro.

No caso dos variadores de luminosidade mais modernos, a carga não é desviada por um material resistivo para limitá-la, pois através de um chaveamento eles ligam e desligam o circuito, a fim de reduzir a quantidade total do fluxo de energia elétrica.

Dimmer digital:

Os dimmer digitais também têm a característica de consumir menos energia elétrica porque o seu princípio de funcionamento é basicamente o de um variador de luminosidade convencional. Eles também podem ser usados em lâmpadas de LED, além de possuir um designer moderno e se adequar a qualquer estilo, material, cor ou função, é possível trocar módulos e placas de forma independente e todos os componentes são de fácil instalação, assim como os modelos da linha Orion da Schneider mostrados na imagem abaixo.

Dimmer digital Orion.

Como funciona, dimmer digital Schneider?

Quais os tipos de lâmpadas usar nos dimmers?

Nem todas as lâmpadas são compatíveis com os dimmers, como é o caso das lâmpadas de LED, fluorescentes ou dicróicas com transformadores eletrônicos. Portanto, é necessário usar lâmpadas dimerizáveis.

O melhor método para saber quais as lâmpadas são compatíveis com o dimmer é verificar a embalagem ou a descrição no próprio produto. Nas informações você pode encontrar as seguintes informações: dimerizável, regulável ou palavras como dimmable, DIM, atenuadores ou termos semelhantes. Saiba que todas as lâmpadas incandescentes, que não são mais fabricadas e as halógenas são compatíveis com qualquer modelo de dimmer. Outros casos que não podem ser utilizados os dimmer são para controlar velocidade de motores, controlar volume de som de caixa acústica ou cargas menores que 40 W.

Finalizamos aqui este artigo e esperamos ter tirado todas as dúvidas sobre dimmer! Se ainda tiver alguma curiosidade sobre este assunto, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)