Você conhece os tipos de fusíveis que existem? Neste artigo do Mundo da Elétrica explicaremos o que é fusível, como ele funciona e as suas características. Abordaremos também as utilizações e os principais tipos de fusíveis. Vamos lá pessoal!

O que é fusível?

O fusível é um dispositivo de proteção contra o curto-circuito e a sobrecarga que acontecem dentro do circuito elétrico. Os fusíveis estão presentes internamente em aparelhos eletrônicos e em filtros de linha, que são muito utilizados para ligar computadores em escritórios.

Nas residências, ainda existem algumas instalações em que os fusíveis estão localizados no quadro de distribuição ou junto ao padrão, também conhecido como relógio medidor. No quadro de distribuição existem outros dispositivos de proteção como por exemplo, o DPS e o IDR.

Instalados antes destes dispositivos, os fusíveis também conseguem fazer a proteção deles, assegurando que funcionem da maneira correta.

Nas instalações industriais, o fusível faz o seu papel de proteção nos circuitos de motores e outras máquinas elétricas. Geralmente instalados no início dos sistemas elétricos para fazer a prevenção geral do circuito.

Outra utilização interessante do fusível é quando ele é instalado em função do banco de capacitores de uma instalação industrial. O banco de capacitores garante que a instalação seja eficiente, utilizando da melhor maneira possível a energia elétrica recebida da rede, enquanto o fusível trabalha protegendo-o dos curtos-circuitos e sobrecorrentes.

O fusível é constituído pela composição dos seguintes elementos:

  • Base: suporte da estrutura do fusível.
  • Porta fusível: elemento que comporta todo o conjunto do fusível.
  • Anel de proteção: protege a rosca da base, evitando o seu contato com o circuito elétrico.
  • Fusível ou elo fusível: parte que é substituída quando acontece algum curto-circuito.
  • Indicador: parte onde é feita a visualização da operação do fusível.

A parte que é de fato denominada como fusível, trata-se de um cilindro com uma liga metálica, feita de chumbo ou de algum outro material com baixo ponto de fusão.

O fusível possui um valor para a sua corrente nominal, que é o valor específico de trabalho. Quando esse valor de corrente é ultrapassado, por conta de algum curto-circuito ou uma sobrecorrente, a liga metálica se funde, interrompendo a passagem da corrente elétrica para o restante do circuito.

Após a ocorrência do curto-circuito, é necessário que seja feita a troca do fusível por um que esteja com a sua liga metálica intacta, para depois utilizar as funções do circuito elétrico novamente.

Características do fusível

O fusível possui algumas características que são muito importantes no momento da sua aquisição. Essas características, geralmente estão descritas no corpo do fusível, e são elas:

  • Corrente nominal: corrente elétrica para a qual o fusível foi desenvolvido para trabalhar.
  • Corrente de ruptura: valor da corrente que causa a interrupção do fornecimento da energia elétrica, por parte do fusível, no circuito.
  • Curva característica: relação entre o valor da corrente elétrica e o tempo necessário para que o fusível interrompa o circuito.
  • Elo fusível: tipo do material metálico que forma o elo interno do fusível, elo este que se funde quando necessário.

A curva característica do fusível é uma informação de grande importância no momento da escolha deste item. Isso porque cada fusível reage de maneiras diferentes mediante ao curto-circuito. O fusível pode ter a sua ação ultra rápida, rápida, média, lenta ou muito lenta, chamada também de ação retardada.

Categoria de utilização dos fusíveis

Existe uma nomenclatura especificamente desenvolvida para caracterizar os diferentes tipos de fusíveis. Ela é feita por meio de duas letras, a primeira letra é minúscula e a segunda letra é maiúscula, conforme a representação abaixo.

Tipos de fusíveis industriais.

Categoria de utilização dos fusíveis.

Tipos de fusíveis

Os fusíveis são diferenciados pelas suas categorias e características, como a rapidez na atuação. Existem diversos tipos de fusíveis, desenvolvidos com particularidades para atender às várias demandas existentes. Veja a seguir, os principais tipos de fusíveis.

Fusível NH:

Os fusíveis NH são utilizados para proteger as instalações elétricas industriais de sobrecorrentes e curtos-circuitos. Eles possuem a categoria de utilização “gL/gG”, podem ter até seis tamanhos diferentes e possuem alto valor de corrente de ruptura, sendo 120KA em 690VCA.

Quais são os tipos de fusíveis.

Modelo de fusível tipo NH.

Fusível Diazed

O fusível diazed possui um indicador visual para indicar que a liga metálica se fundiu. Os fusíveis diazed são encontrados na faixa de 2 à 100 amperes de corrente nominal, enquanto a sua corrente de ruptura é da ordem de 100 KA. São utilizados em instalações elétricas que demandam uma maior confiabilidade e agem de forma rápida ou retardada.

Tipos de fusíveis industriais.

Modelo de fusível diazed.

Fusível Neozed

O fusível neozed caracteriza-se por ter uma dimensão menor do que a dimensão comum dos demais fusíveis. A sua curva característica indica que a sua ação, em caso de curto-circuito ou sobrecarga, é retardada. O fusível neozed é empregado em redes de energia elétrica e em circuitos de comando de motores.

Quais são os tipos de fusíveis.

Modelo de fusível neozed.

Fusível D

Os fusíveis tipo D são bastante seguros, isso quer dizer que podem ser manuseados, no momento da sua substituição, sem que o profissional sofra um choque elétrico! O fusível tipo D enquadra-se na categoria de utilização “gL/gG’’, podendo ser encontrado em três tamanhos diferentes. Esse tipo de fusível possui uma faixa de corrente nominal de 2 a 100 amperes, e a corrente de ruptura na faixa de 20 a 100 KA.

Tipos de fusíveis industriais.

Modelo de fusível tipo D.

Fusível Ultra Rápido

Conforme o próprio nome sugere, o fusível do tipo ultra rápido possui como a sua principal característica, a ação ultra rápida em casos de curto circuito e sobrecorrente. Ele é empregado na proteção de circuitos retificadores e conversores de frequência, pois os dispositivos usados nestes circuitos são bastante sensíveis às irregularidades da rede elétrica.

Quais são os tipos de fusíveis.

Modelo de fusível ultra rápido.

Fusível HH

Os fusíveis do tipo HH são empregados principalmente em cabines primárias, fazem também a proteção de transformadores, banco de capacitores e motores ligados em média tensão.

 Quais são os tipos de fusíveis.

Modelo de fusível tipo HH.

Fusível Cartucho

O fusível tipo cartucho possui baixo valor aquisitivo, a sua base possui a característica de se adequar à fusíveis com várias capacidades de corrente nominal, o que coloca a instalação em risco caso esta substituição seja feita de forma incorreta. Ele também não segue as diretrizes estabelecidas nas normas NBR 5410 e NBR 11840.

Tipos de fusíveis industriais.

Modelo de fusível cartucho.

Fusível Silized ou Sitor

O fusível silized, também conhecido como sitor, possui como principal característica a sua ação ultra rápida em casos de sobrecorrentes e curtos-circuitos. Devido à esta característica, o fusível silized é empregado em circuitos com semicondutores, que são sensíveis às oscilações na rede elétrica, como circuitos retificadores e conversores de tensão.

Quais são os tipos de fusíveis.

Modelo de fusível silized.

Fusível de Vidro

O fusível de vidro é descrito como um cilindro vazio, exceto pela existência do elo fusível. Eles são empregados na proteção contra sobrecorrentes e curtos-circuitos em circuitos eletrônicos, filtros de linha, estabilizadores de tensão, no-breaks e porta fusíveis veiculares.

Tipos de fusíveis industriais

Modelo de fusível de vidro.

Fusível Rolha

O fusível rolha tem o seu elo fusível constituído em liga de chumbo. Podem ser encontrados com os valores de corrente nominal entre 10 a 30 amperes. Este fusível também não atende as diretrizes determinadas nas normas NBR 5410 e NBR 11840.

Quais são os tipos de fusíveis.

Modelo de fusível tipo rolha.

Assista o vídeo abaixo do Mundo da Elétrica para saber mais sobre os tipos e características dos fusíveis. Neste vídeo, falamos da simplicidade e importância dos fusíveis nas instalações elétricas industriais.

Gostou de aprender sobre os tipos de fusíveis e as suas características? Caso tenha alguma dúvida, deixe nos comentários. Continue acompanhando o Mundo da Elétrica para aprender muito com os outros artigos!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)