Para a grande maioria dos profissionais em eletricidade a cor dos cabos elétricos e as suas funções estão bem definidas e é uma regra. O grande problema é quando tratamos de casos em que o profissional não é qualificado ou o cliente é que fica responsável pela compra de cabos, em ambos os casos geralmente se opta pelo que tem à mão ou o que é mais barato. Existe uma grande dúvida que inclui até mesmo os bons profissionais, sobre a obrigatoriedade de usar sempre os cabos com cores definidas por função, ou se existem outras formas de identificação! É importante frisar que existe sim uma norma técnica que fala especificamente sobre esse determinado assunto.

Norma NBR-5410 – Instalações elétricas de baixa tensão

Esta Norma estabelece as condições a que devem satisfazer as instalações elétricas de baixa tensão, a fim de garantir a segurança das pessoas e animais, o funcionamento adequado da instalação e a conservação dos bens.
A norma se aplica às instalações elétricas de baixa tensão em edificações, especificam regras como cores de cabos, sua identificação e função, aterramento residencial, iluminação, tomadas e interruptores, localização do quadro de distribuição, levantamento de carga e muitos outros itens.

De acordo com a norma não é obrigatória a utilização de cores para identificar os cabos. Outros métodos podem ser utilizados para identificação da função dos cabo, o uso de anilhas com letras, palavras e símbolos é uma alternativa. A norma é bem clara, Mas se for utilizada a cor como forma de identificação da função, estas cores devem seguir o padrão abaixo: desta forma:

Qual a cor correta dos cabos elétricos?

As cores dos cabos elétricos podem te ajudar a identificar a sua função, mas existem alternativas para identificá-los de outras formas!

Condutor Neutro

Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor neutro, em caso de identificação por cor, deve ser usada a cor azul-clara na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.
(NBR 5410:2004 item 6.1.5.3.1).

NOTA: A veia com isolação azul-clara de um cabo multipolar pode ser usada para outras funções, que não a de condutor neutro, se o circuito não possuir condutor neutro ou se o cabo possuir um condutor periférico utilizado como neutro.

Observe este trecho extraído da norma, “em caso de identificação por cor”, indica que outras formas de identificação podem ser usadas. Logo, as primeiras palavra deste trecho “qualquer condutor” deixam transparecer que pode ser qualquer tipo de condutor. Logicamente, deve ser levado em consideração todos os critérios técnicos de dimensionamento do cabo para que o condutor seja escolhido para a função. Os trechos seguintes da norma, estendem a mesma regra para todos as outras funções de cabos.

Condutor de Proteção

Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor de proteção (PE), em caso de identificação por cor, deve ser usada a dupla coloração verde-amarela ou a cor verde (cores exclusivas da função de proteção), na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.
(NBR 5410:2004 item 6.1.5.3.2).

Condutor de Proteção Terra ou PEN

Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor PEN deve ser identificado de acordo com essa função. Em caso de identificação por cor, deve ser usada a cor azul-claro, com anilhas verde-amarelo nos pontos visíveis ou acessíveis, na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar (NBR 5410:2004 item 6.1.5.3.3).

Condutor Fase

Para o condutor fase pode ser usado quaisquer cores desde que não use as cores estabelecidas nos itens anteriores. Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor de fase deve ser identificado de acordo com essa função. Em caso de identificação por cor, pode ser usada qualquer cor, observadas as restrições estabelecidas em 6.1.5.3.1, 6.1.5.3.2 e 6.1.5.3.3.

NOTA: Por razões de segurança, não deve ser usada a cor de isolação exclusivamente amarela onde existir o risco de confusão com a dupla coloração verde-amarela, cores exclusivas do condutor de proteção.

Outra alternativa para identificar os cabos de acordo com sua função é utilizar fitas isolantes coloridas. Quando usada uma alternativa de identificação que não seja as cores de isolamento dos cabos, como por exemplo a fita isolante ou anilhamento, esta identificação deve ser feita em todos os pontos visíveis dos cabos e nos pontos acessíveis como caixas de passagens e terminações de cabos.

Definitivamente os cabos coloridos em sua isolação usados de forma correta são a melhor forma de identificação de cabos elétricos e sua função, mas infelizmente esta não é a realidade de todas as instalações elétricas. A normalização (utilização das normas) em instalações elétricas é muito importante, visa segurança e uma utilização ótima e regular das instalações.

Conclusão

Apesar de não ser uma informação difundida a todos os profissionais que lidam com as instalações elétricas a norma permite o uso de várias formas de identificação de cabos de acordo com sua função mas mesmo estas alternativas segue o que dita a norma.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)