São condutores elétricos com nomes diferentes apenas pelo fato de terem distinções em suas composições internas, mas com a mesma finalidade e características que é  a condução de corrente elétrica. Classificados de acordo com a norma NBR NM 280:2011 que define a categoria dos condutores elétricos, os fios com apenas um condutor sólido enquanto os cabos são compostos por vários condutores menores de acordo com sua classe, são feitos de cobre e também de alumínio, pois como todos nós sabemos, o cobre e o alumínio são metais com excelentes características condutoras de eletricidade.

FIOS ELÉTRICOS.

Um fio condutor é formado por um só fio, com uma secção constante metálica em que não existe diferença em relação a capacidade de condução de corrente em instalações residenciais. Devido à sua rigidez é mais fácil de partir se for dobrado algumas vezes. Por isso só são utilizados em situações em que não vão ser submetidos a dobragens sendo sua classificação como CLASSE 1: FIO SÓLIDO COMPOSTO POR APENAS UM CONDUTOR.

Condutor elétrico.

Fio rígido.

CABOS ELÉTRICOS.

Um cabo condutor é formado por vários fios condutores, entrelaçados, o que o torna flexível e suportando muitas dobragens sem nunca se quebrar. Por isso são utilizados na ligação entre duas partes de um circuito que podem mudar de posição e, que estão por isso submetidos a esforços de dobragem. Podemos encontrar cabos eléctricos em todos os aparelhos electrodomésticos por exemplo, caso as industrias façam uso de fios, estes, iriam se romper por não suportar serem dobrados frequentemente.

Cabo elétrico.

Cabo flexível.

A secção, ou a “espessura” de um fio ou de um cabo condutor, depende da quantidade de eletricidade que este terá que suportar. Pode-se ainda dizer que existem condutores com variadas secções e com múltiplas configurações. Como exemplo posso salientar os condutores uni filiares (de um só fio), os condutores bi filares (de dois fios), os condutores trifilares (de três fios).

CLASSE 3: Composto por 7 condutores (Rígido).

CLASSE 4: Composto por 45 condutores (Flexível).

CLASSE 5: Composto por 75 condutores ( Extra flexível).

Emendas.

Não é possível se obter uma boa emendar de cabos flexíveis e fios sólidos pelo fato de o fio conter apenas um condutor e o cabo vários fios finos. Caso necessário a emenda de um cabo flexível em fio sólidos, o mesmo deve ser feio através de conectores apropriados para esta finalidade ou estanhando com solda eletrônica. Fora essas alternativas não é recomendado fazer estas emendas. Emendas com boa isolação protegem seu circuito de um futuro aquecimento e mau contato, certifique-se que sua emenda não esteja frouxa pois um mau contato pode ocasionar ao mau uso de seu aparelho.

Cor dos condutores conforme norma NBR 5410.

6.1.5.3.1 Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor
neutro deve ser identificado conforme essa função. Em caso de identificação por cor, deve ser usada a cor
azul-clara na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.

6.1.5.3.2 Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor de
proteção (PE) deve ser identificado de acordo com essa função. Em caso de identificação por cor, deve ser
usada a dupla coloração verde-amarela ou a cor verde (cores exclusivas da função de proteção), na isolação
do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.
6.1.5.3.3 Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor
PEN deve ser identificado de acordo com essa função. Em caso de identificação por cor, deve ser usada a
cor azul-claro, com anilhas verde-amarelo nos pontos visíveis ou acessíveis, na isolação do condutor isolado
ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.

NOTA A veia com isolação azul-clara de um cabo multipolar pode ser usada para outras funções, que não a de
condutor neutro, se o circuito não possuir condutor neutro ou se o cabo possuir um condutor periférico utilizado como
neutro.

NOTA Por razões de segurança, não deve ser usada a cor de isolação exclusivamente amarela onde existir o risco de confusão com a dupla coloração verde-amarela, cores exclusivas do condutor de proteção.

Sabemos agora diferenciar entre cabos e fios, tendo em vista que a mesma finalidade e sem diferença na sua capacidade de condução de corrente, com a classe normatizada pela NBR NM 280:2011 que facilita assim sua distinção entre cabos e fios elétricos, aprendemos também que a fase pode ser de qualquer cor salvo as características  da norma NBR 5410 descrita abaixo.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

14 comentários para “Diferenças entre Fios e Cabos.”

  1. Moises Sousa

    Muito bacana suas postagens

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Muito obrigado Moisés fazemos o possível para esclarecer as dúvidas.

      Responder
  2. Pedro Agostinho da Penha

    Gostaria de receber mais informações sobre o assunto para que eu possa utilizar no meu trabalho de instalação elétrica.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Pedro, te cadastramos para receber nossas novidades. É Só clicar no link que foi para o seu email para confirmar ok?
      Seja bem vindo! =)

      Responder
  3. Cicero Agostinho de Barros

    Henrique, cara que fantastico o seu trabalho! Eu sou eletricista e sempre que tenho alguma dúvida, leio as suas postagens, você vem me ajudando muito! Parabéns!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Muito obrigado Cicero por nos assistir e apoiar!

      Responder
  4. Alan

    Uma dúvida eu vi no canal no YouTube um cara medindo queda de tensão num carro de negativo Para negativo em mini volti que não podia dá mais do que 70mini volti a minha pergunta é se pra ter tensão eu tenho que te uma DDP

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Estranho essa forma de medir tensão, sim para ter tensão é preciso ter troca de potencial, no caso entre fase e neutro.

      Responder
  5. Solange

    Boa Tarde!
    Como fazer a emenda nos cabos, para instalar embutidos de piso no jardim?
    (Peças com IP65)
    Tem acontecido infiltração de água pela emenda. A água corre por dentro do cabo, chegando até o soquete e a lâmpada.
    A instalação foi feita com “autofusão” e “fita isolante”.
    No aguardo, desde já agradeço.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Primeiro passo é fazer uso das mangueira de proteção, e com certeza esta emenda esta mal feita.

      Responder
  6. Bruno Leonardo Medeiros

    Poxa Henrique parabéns pelo seu trabalho depois que comecei a acompanhar o mundo da elétrica minha visão de eletricista se ampliou todos os dias coisas novas para aperfeiçoarmos parabéns!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Ficamos muito contentes com sua mensagem Bruno! OBrigado por nos prestigiar!

      Responder
  7. Cristiano Ferreira

    Parabéns pelo atitude de nos passar informações importantes, que enriquece nossos conhecimentos! Por mais que sejamos profissionais novas informações são bem vindas! Parabéns!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Obrigado por nos prestigiar Cristiano!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)