O condutor neutro de um circuito pode gerar muitas dúvidas e a primeira que deve ser esclarecida é que o cabo de neutro tem sim corrente quando a carga do circuito está energizada, pois o neutro é responsável pelo retorno das cargas para a fonte e por isso ele tem corrente quando a carga está em funcionamento. Sendo assim, se o neutro conduz corrente, ele também precisa ser dimensionado adequadamente para conduzi-la.

Com isso vem a dúvida, o neutro pode ter a mesma seção da fase? O neutro pode ser mais fino que a fase? O neutro pode ser mais grosso que a fase? Qual o certo para dimensionar o cabo de neutro? Pensando nisso, resolvemos fazer este artigo que vai tirar todas estas dúvidas, vamos lá pessoal!

Posso usar um neutro mais fino que a fase?

Quando o neutro pode ser mais fino que a fase? E quando pode ser mais grosso a fase? Saiba como definir a seção do neutro corretamente.

Como dimensionar o neutro?

Existem duas situações que são exclusivas em circuitos trifásicos, a primeira é quando o neutro pode ser mais fino, a segunda é quando o neutro tem que ser mais grosso que os cabos de fase, mas é importante compreender que isso só vai acontecer em circuitos trifásicos. Neste caso, se o circuito estiver equilibrado, a corrente no neutro vai ser o mais próximo possível de zero.

Com relação a instalação elétrica residencial que não é trifásica, caso todos os circuitos estejam corretamente divididos e protegidos, a corrente vai ser igual ou bem próxima à corrente da fase e o cabo de neutro será sempre igual ao de fase. Entenda que o neutro energizado em teoria só pode ocorrer em circuitos monofásicos, onde o neutro é responsável por retornar as cargas a fonte. Assim fica fácil compreender que a diferença de corrente entre as fases e neutro só vai ocorrer em circuitos desequilibrados!

Neutro mais fino que a fase, quando usar?

Quando um circuito é composto de cargas unicamente trifásicas, como motores por exemplo, tende a existir um equilíbrio e o neutro vai ter corrente sempre próxima a zero e neste caso, o cabo de neutro pode ser mais fino que o cabo de fase, afinal só vai ter corrente no neutro em casos de pequenos desequilíbrios de fase. Mas é importante compreender que essa regra de cabo mais fino só vai ocorrer para cabos com seção maior ou igual a 25mm².

A norma NBR5410 mostra na tabela 48 qual a redução dos cabos e ela ainda estipula quais são as regras para que isso ocorra no item 6.2.6.2.6. Na letra a) diz que o circuito tem que ser presumivelmente equilibrado. Na letra b) diz que o circuito tem que ter taxas de terceira harmônica menores que 15% e na letra c) o cabo de neutro ser protegido por sobrecarga, ou seja, o neutro estar protegido por disjuntor. Portanto, a redução do cabo de neutro só irá acontecer quando atender estes 3 itens.

Neutro mais grosso que a fase, quando usar?

O anexo F da norma NBR5410 trata exclusivamente deste caso e ensina a dimensionar o cabo de neutro considerando os fatores de harmônicas. Existem casos mais específicos como mostra no anexo F, em que o cabo de neutro deve ser mais grosso que o cabo de fase e isso só vai ocorrer quando a taxa de terceira harmônica ou seus múltiplos forem maiores que 33%. Se você quiser saber mais sobre harmônicas, tem um vídeo no canal do Mundo da Elétrica que fala detalhadamente o que são as harmônicas e como elas ocorrem, vale muito a pena conferir!

O desequilíbrio entre as fases e o neutro em um circuito pode causar sobrecarga no neutro, mas em hipótese alguma isso deve ser usado como justificativa para aumentar o dimensionamento do neutro. Neste caso, o equilíbrio das fases deve ser corrigindo reduzindo qualquer possibilidade de sobrecarga neste circuito.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)