Saber como dimensionar e escolher cabos e fios condutores para uma instalação elétrica deve ser parte do conhecimento obrigatório para os eletricistas prediais. Escolher o cabo elétrico correto depende de normas e cálculos bem definidos. Os cabos para chuveiro, aterramento, tomadas, iluminação e motores tem normas de dimensionamento com variações e detalhes extremamente importantes.

Como dimensionar cabos elétricos?

Saber calcular quantos amperes um cabo deve suportar pode ajudar no dimensionamento através da utilização das tabelas que são fornecida pelos fabricantes. O dimensionamento correto de disjuntores em cada fase, circuito e geral também tem relação com o dimensionamento dos condutores.

A norma NBR-5410 estipula alguns critérios que devem ser levados em consideração ao se dimensionar um condutor elétrico. A primeira coisa que é importante compreender é quais as sessões mínimas de cabos estipuladas dentro das instalações, e é isso que mostra a tabela 47 a seguir:

Como dimensionar cabos elétricos?

Qual o critério mínimo para dimensionar cabos elétricos?

É importante frisar que os valores apresentados na tabela são referentes ao critério mínimo, ou seja, não podem ter cabos menores que estes para estas determinadas funções.

Outro ponto importante é saber qual o método de instalação do cabo, no caso de instalações residenciais, a maior parte destas instalações são em eletrodutos embutidos em alvenaria. Segundo a tabela 33 da NBR-5410 o método de instalação é o número 7 e a referência para instalação B1, como mostra na tabela abaixo:

Como dimensionar cabos elétricos?

Como escolher método de instalação dos condutores?

O próximo passo é descobrir qual a quantidade ideal de cabos do circuito são carregados. Para isso, vamos seguir as indicações da tabela 46 também da NBR-5410. Observe atentamente as especificações dos cabos, porque esta informação será muito importante para o dimensionamento.

Como dimensionar cabos elétricos?

Como determinar a quantidade de condutores carregados?

Em seguida você deve consultar a tabela de condução de corrente. Esta tabela pode variar de acordo com o tipo de condutor, com o tipo de isolação, de acordo com a temperatura do condutor e também com a temperatura ambiente. Para as instalações residenciais, o cabo com isolação em PVC e condutor de cobre é o mais utilizado, por isso vamos consultar a tabela 36 da NBR-5410 que está aparecendo a seguir:

Como dimensionar cabos elétricos?

Como definir a tabela de dimensionamento de cabos?

Para dar sequência e para facilitar ainda mais a compreensão, vamos criar um exemplo e aplicá-lo dentro das tabelas apresentadas. A corrente de projeto do circuito que será dimensionado é de 18 amperes, o cabo utilizado tem isolação em PVC, visando utilizar as tabelas apresentadas, o número de circuitos dentro do eletroduto será 4 e o método de referência é o B1, que representa o embutido em alvenaria.

Siga a coluna do método B1, observando a quantidade de cabos carregados que neste caso citado são 2, fase e neutro. Em seguida você deve procurar o valor de corrente mais próximo da quantidade de amperes do circuito, no exemplo são 18, ou seja, procure o valor mais próximo, neste caso foi 24. É muito importante usar o valor superior e nunca o inferior. Se a aplicação dos dados foi correta, a tabela de dimensionamento vai mostrar que o cabo correto seria o de 2,5mm², como mostra na imagem a seguir:

Como dimensionar cabos elétricos?

Como definir a amperagem correta no dimensionamento de cabos?

Mas o dimensionamento correto não termina aqui! É necessário levar em consideração a quantidade de circuitos dentro do eletroduto. Cada quantidade de circuitos requer um fator de correção diferente e é isso que mostra a tabela 42 da NBR-5410 abaixo:

Como dimensionar cabos elétricos?

Como calcular o fator de correção de corrente?

Como o nosso exemplo utilizou 4 circuitos, o fator de correção neste caso é de 0,65. Agora você deve utilizar este fator de correção na capacidade de condução do circuito de 2,5 mm² dentro de um eletroduto com 4 circuitos. Para isso você deve utilizar a seguinte fórmula: Iz = Ic x Fc.

  • Iz – (o valor da corrente de condução do condutor corrigida), ou seja, o valor que queremos encontrar.
  • Ic – (o valor da corrente de condução do condutor na tabela), ou seja, 24A.
  • Fc – (fator de correção), ou seja, 0,65.

Neste caso temos Iz = 24A x 0,65, tendo como resultado, Iz = 15,6A, que é o resultado apresentado na imagem abaixo:

Como dimensionar cabos elétricos?

Qual a fórmula do fator de correção de corrente?

É importante observar se o valor que encontrar, no caso 15,6A é condizente com a condução necessária da corrente de projeto do circuito. No exemplo utilizado a corrente é de 18A, ou seja, o cabo de 2,5 mm² não vai conseguir conduzir a corrente correta, necessitando de um cabo mais grosso.

Voltando para a tabela de dimensionamento, o próximo valor dentro dos dados apresentados no exemplo é de 32A. Jogando este novo valor na fórmula (Iz = Ic x Fc), do fator de correção você encontra o seguinte: Iz= 32A x 0,65, tendo como resultado, Iz = 20,8A. Portanto, o cabo ideal para este exemplo apresentado é o de 4,0 mm² que é o que mostra a imagem a seguir:

Como dimensionar cabos elétricos?

Qual a tabela de dimensionamento de cabo PVC?

Se você quiser sanar qualquer tipo de dúvida que possa ter ficado, confira o vídeo a seguir e veja o passo a passo de como dimensionar corretamente seguindo os exemplos que apresentamos neste artigo.

Considerações finais

A utilização do cabo de 2,5 mm² neste caso apresentado não significa que a instalação irá apresentar um problema imediato. Mas certamente haverá um aquecimento excessivo destes cabos, aumentando consideravelmente o consumo de energia elétrica. Além disso, em longo prazo pode haver derretimento da capa isolante do cabo acarretando em uma série de problemas.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

8 comentários para “Como dimensionar cabos elétricos residenciais!”

  1. Francisco Gaia Cavaleiro

    Como fazer para possui esta tabelas

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Estamos trabalhando pra disponibilizar no site.

      Responder
  2. Anderson

    Bom dia!
    Estou para fazer uma ligação em uma chacará onde o QM fica á 200 mt do QD, estou pretendo usar cabo triplex de 16mm, vocês acham que terei problemas? E qual a melhora maneira de passar via área ou subterrânea?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Via Subterrânea é uma boa opção, mas é preciso fazer o calculo para queda de tensão pois a distancia é bem grande.

      Responder
  3. Leandro

    Boa tarde eu queria saber de quantos amperes eu posso usar o idr e dps na estalação residencial

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      A corrente do IDR deve ter a mesma corrente do disjuntor geral em caso de uso de apenas um IDR para proteção de toda residencia e o DPS é preciso verificar a tensão que será ligada.

      Responder
  4. Erenir Rocha Santos

    Erenir
    Sou eletricista Autônomo e adoro seus vídeos relacionados dimensionamento de
    Cabos e Disjuntores e outros da nossa área.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Muito obrigado por nos prestigiar!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)