Praticamente todos os eletricistas trabalham com manutenção elétrica, mas você profissional do Mundo da Elétrica sabe mesmo sobre manutenção elétrica? É comum recebermos dúvidas sobre manutenção elétrica e pensando nisso recorremos a norma NBR 5410, para mostrar o que a norma fala sobre manutenção elétrica, assim retirando as suas principais dúvidas sobre o assunto.

Existem vários tipos de manutenção, que é a manutenção corretiva, preventiva e preditiva, mas neste texto iremos tratar de dois tipos de manutenção que são citados na norma, a manutenção preventiva e a manutenção corretiva!

Explicamos o que é manutenção corretiva e manutenção preventiva, além de explicar quando devemos realizar a manutenção, quem pode fazer manutenção elétrica, o que devemos verificar em uma manutenção e entre outras dúvidas que respondemos.

Regras para fazer manutenção elétrica.

Aprenda como fazer manutenção elétrica.

Tipos de manutenção – Manutenção corretiva

Este tipo de manutenção é a mais conhecida, e que geralmente as pessoas relaciona ao ouvir falar em manutenção.

A manutenção corretiva é um tipo de manutenção que é feita quando ocorre uma falha como por exemplo, um simples cabo que aqueceu demais, rompeu e causou um curto circuito. Neste caso, o eletricista precisa intervir na instalação, fazer a troca deste cabo e eventuais componentes que tenha sido danificados.

Regras para fazer manutenção elétrica.

Tipos de manutenção – Manutenção corretiva.

Tipos de manutenção – Manutenção preventiva.

A manutenção preventiva é a manutenção rotineira, feita nas instalações para evitar que algum problema ocorra. Esse tipo de manutenção não depende que um defeito ocorra para ser realizada.

Um bom exemplo de manutenção preventiva é o reaperto de conexões elétricas, que deve ser feita de tempos em tempos. Neste exemplo o reaperto de conexões não partiu de uma falha elétrica, mas caso este reaperto não seja feito, ao longo do tempo pode ocorrer aquecimento nas conexões e consequentemente causar uma falha elétrica.

É comum as pessoas perguntar de quanto em quanto tempo deve ser feita a manutenção preventiva na instalação elétrica, sendo que alguns arriscam dizer que esta manutenção deve ser feita a cada 5, 10, 15 e até mesmo 20 anos.

Manutenção elétrica de acordo com as normas.

Tipos de manutenção – Manutenção preventiva.

Manutenção preventiva – Periodicidade

Em relação às manutenções elétricas e a periodicidade da manutenção, o capítulo 8 da norma NBR 5410 trata apenas de manutenção, e o item 8.1 fala sobre periodicidade de manutenção.

No item 8.1 fala que “a periodicidade da manutenção deve ser adequada a cada tipo de instalação. Por exemplo, essa periodicidade deve ser tanto menor quanto maior a complexidade da instalação (quantidade e diversidade de equipamentos), sua importância para as atividades desenvolvidas no local e a severidade das influências externas a que está sujeita.”

A norma não deixa claro qual o tempo correto para realização das manutenções, ou seja, nesse caso deve ser levado em consideração o bom senso e analisar a vida útil dos equipamentos.

Manutenção preventiva em condutores

A norma também aborda o que deve ser observado em caso de manutenção preventiva. O item 8.3.1 trata dos condutores e diz que nos condutores deve ser inspecionado o estado da sua isolação e de seus elementos de conexão, fixação e suporte, para detectar sinais de aquecimento excessivo, rachaduras e ressecamentos, também se a fixação, identificação e limpeza se encontram em boas condições.

Manutenção preventiva em quadros e painéis.

A norma NBR 5410 também trata do que é preciso analisar nos quadros e painéis, dividindo entre estrutura dos quadros e dos componentes.

A norma diz que na estrutura dos quadros deve ser verificada a estrutura dos quadros e painéis, observando seu estado geral quanto a fixação, integridade mecânica, pintura, corrosão, fechaduras e dobradiças. Além disso deve ser verificado o estado geral dos condutores e cordoalhas de aterramento.

Manutenção preventiva em componentes

Com relação aos componentes, no caso dos componentes com partes móveis, como por exemplo, contatores, relés, chaves seccionadoras, disjuntores etc., devem ser inspecionados, quando o componente permitir, o estado dos contatos e das câmaras de arco, sinais de aquecimento, limpeza, fixação, ajustes e calibrações são detalhes que devemos ficar atentos. Sempre que for possível, o componente deve ser acionado algumas vezes, para que suas condições de funcionamento sejam verificadas.

A norma também fala sobre os casos de componentes sem partes móveis, como por exemplo, fusíveis, condutores, barramentos, calhas, canaletas, conectores, terminais, transformadores, etc., pois deve ser inspecionado o estado geral do componente, verificando se a existência de sinais de aquecimento e de ressecamentos, além da fixação, identificação e limpeza.

Destacamos que no caso de sinalizadores é preciso verificar a integridade das bases, fixação, limpeza interna e externa.

Manutenção elétrica – Quem pode fazer?

Quem pode fazer manutenções elétrica? Qualquer pessoa ou apenas eletricistas?

Esse tema sobre quem pode ou não pode fazer manutenção elétrica é bem polêmico, mas para esclarecermos este assunto vamos novamente consultar a norma.

Regras para fazer manutenção elétrica.

Quem pode fazer manutenção elétrica?

O item 8.2 da norma diz que “verificações e intervenções nas instalações elétricas devem ser executadas somente por pessoas advertidas ou qualificadas , conforme a tabela 18.”

Vamos consultar a tabela 18 a seguir, para ver quais são as pessoas advertidas e pessoas qualificadas

Regras para fazer manutenção elétrica.

Pessoas advertidas e qualificadas para realizar manutenção elétrica.

As pessoas advertidas são as pessoas suficientemente informadas ou supervisionadas por pessoas qualificadas, de tal forma que lhes permita evitar os perigos da eletricidade (pessoas de manutenção e/ou operação).

Já as pessoas qualificadas a norma fala que são “pessoas com conhecimento técnico ou experiência tal que lhes permite evitar os perigos da eletricidade (engenheiros e técnicos)”.

A grande polêmica de quem pode fazer as manutenções elétricas se dá pelo uso do termo “suficientemente informadas”, que não sugere claramente a obrigatoriedade de um curso na áreas, mas isso é tema para um outro artigo.

Manutenção elétrica com circuito energizado

Outro ponto importante da manutenção que muita gente tem dúvida e também gera polêmica é sobre a manutenção com circuitos energizados, se este tipo de manutenção pode ou não ser feito.

A norma fala no item 8.3 que as verificações devem ser realizadas, sempre que possível, com a instalação desenergizada. Invólucros, tampas e outros meios destinados a garantir proteção contra contatos com partes vivas podem ser removidos para fins de verificação ou manutenção, mas devem ser completar e prontamente restabelecidos ao término destes procedimentos.

Regras para fazer manutenção elétrica.

A norma recomenda fazer manutenção com o circuito desenergizado.

Podemos observar claramente que a norma não proíbe a manutenção em circuito energizado, mas isso deve ser feito somente em casos extremamente específicos, tendo todos os cuidados necessários.

Assim como a NBR 5410 a norma NR 10 que trata apenas de segurança em eletricidade, também não proíbe a manutenção em circuitos energizados, mas vale a pena consultar e seguir o capítulo 10.6 da NR 10, pois é onde que trata de todos os detalhes que garantem a segurança do eletricista em casos onde é necessário realizar manutenção em circuito energizado.

O vídeo a seguir é do canal Mundo da Elétrica, que ensina passo a passo como fazer manutenção em uma máquina industrial

Em todo procedimento de manutenção é indispensável usar os equipamentos de proteção individual (EPI), além de realizar a análise de risco e lembre-se, a segurança sempre deve ser levada a sério em qualquer atividade de manutenção!

Finalizamos mais um artigo, caso tenha alguma curiosidade ou dúvidas sobre manutenção elétrica, deixe nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

2 comentários para “Manutenção elétrica, regras para fazer!”

  1. Manoel Mourao

    Boa noite poderia vender um e-book da norma NBR 5410 para melhorar informações
    Obrigado Mourão SP

    Responder
  2. Alfredo Goncalves Ventura

    Muito bom, ter essa parceria, essas informações facilita muito nas pesquisas sobre eletricidade.Obrigado por tudo um abraço à todos

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)