Extra baixa tensão: SELV e PELV

Escrito na categoria "Conceitos de eletricidade" por Henrique Mattede.

Você sabe o que é SELV? E o que é PELV? O Mundo da Elétrica traz um artigo para falar sobre a extra baixa tensão, onde vamos ensinar também o que é SELV e PELV. Então, vamos lá pessoal!

Para entender o que é SELV e PELV primeiro é importante entender os conceitos de extra baixa tensão e tensão de segurança.

O que é Extra Baixa Tensão

A proteção por Extra Baixa Tensão está prevista no tópico 10.2.8 da norma NR10 que trata de proteção coletiva.

Logo no início deste tópico, a norma fala que em todos os serviços executados devem ser previstos e anotados prioritariamente medidas de proteção coletivas aplicáveis, mediante procedimentos às atividades a serem desenvolvidas para garantir a segurança e saúde dos trabalhadores.

A NR 10 determina que as medidas de proteção coletivas compreendam prioritariamente a desenergização elétrica, e na sua impossibilidade o emprego da tensão de segurança.

A extra baixa tensão é uma tensão inferior à 50V em corrente alternada ou 120V em corrente contínua, seja entre fases ou entre fase e terra.

A tensão de segurança também é uma extra baixa tensão que vai até 50V em corrente alternada ou 120V em corrente contínua. Porém, originada de uma fonte de segurança.

Quais os perigos da extra baixa tensão?

Os riscos da extra baixa tensão.

Definições e características do SELV e PELV

A sigla SELV significa Separated Extra-Low Voltage que traduzida é Extra Baixa Tensão Separada. E PELV é Protected Extra-Low Voltage que traduzida é Extra Baixa Tensão Protegida.

O Sistema de Extra Baixa Tensão tem como característica ser separado eletricamente do aterramento e dos outros sistemas, de modo que a ocorrência de uma falha não coloque as pessoas em risco de choque elétrico.

O Sistema de Extra Baixa Tensão (SELV) tem uma segurança que deriva da baixa tensão elétrica apresentada por um sistema PELV. O Sistema de Extra Baixa Tensão Protegido têm as mesmas características, se diferenciando apenas por não ser eletricamente separado do aterramento.

Em ambos a tensão elétrica não deve ser superior à 120V em corrente contínua e 50V em corrente alternada. Desta maneira, ela será muito baixa para causar uma corrente com potência que cause um choque nocivo em um corpo humano.

O ser humano não deve ter contato com nenhuma corrente elétrica, seja ela de qualquer tensão elétrica, pois o seu corpo não está preparado para suportar os efeitos desta corrente! Portanto, as partes vivas dos sistemas devem ser protegidas, mas quando isso não for possível, devem ser alimentadas com 120VCC e 50VCA. Mesmo recebendo uma tensão elétrica baixa, ainda é preciso isolar o sistema para prevenção de curtos.

Os conceitos de SELV e PELV normalmente são empregados em situação onde o risco de choques elétricos são maiores, como é o caso das iluminações de piscinas, banheiras, áreas de estacionamentos, camping e outros.

Em um ambiente úmido, a condição para trabalhar com eletricidade e executar manutenções é desfavorável, porque a umidade reduz a resistência do corpo humano e também pode reduzir a rigidez elétrica do ar, assim como comprometer a isolação dos equipamentos.

Estas condições podem gerar acidentes com eletricidade como choques elétricos, por exemplo. Esse conceito reduz a tensão até próximo da tensão de contato limite, sendo 50V em condições menos severas e 127V em condição de risco extremo, como as piscinas e banheiras.

Para ser considerado um Sistema de Extra Baixa Tensão (SELV), a instalação deve apresentar as seguintes condições:

Funcionamento interno dos transformadores extra baixa tensão.

Funcionamento do SELV e PELV.

Outro item que aparece na NBR 5410/04 e que tem definições de proteção contra choques elétricos é o Dispositivo de Proteção a Corrente Diferencial Residual, conhecido simplesmente como DR. Mas que por definição, pode ser chamado de RCD que é a sigla para Residual Current Device, que significa Dispositivo Diferencial Residual ou simplesmente Dispositivo Diferencial.

O DR é dividido em duas categorias, sendo uma de alta sensibilidade (7 a 30mA de corrente de acionamento), e de baixa sensibilidade (100 a 300mA de corrente de acionamento). Cada um tem a sua função específica de utilização!

O DR de baixa sensibilidade protege instalações elétricas contra incêndios que ocorrem por falhas na isolação. No caso o DR de alta sensibilidade, é um item de grande importância quando se trata de proteção contra choques elétricos, porque supervisiona as condições da instalação elétrica quanto ao perigo do choque e continua atuando quando acontece uma falha que não seja a fuga de corrente elétrica, eliminando a situação de perigo.

O vídeo que deixamos abaixo fala sobre a tensão de segurança e vai melhorar ainda mais os seus conhecimentos sobre o assunto. Te convidamos para assistir o vídeo e aprender mais sobre Tensão de Segurança e muito mais.

Caso tenha restado dúvidas sobre o assunto, pode deixar o seu comentário abaixo que iremos responder com prazer. Recomendamos também que continue acompanhando o nosso site e venha conhecer o nosso canal Mundo da Elétrica no YouTube, pois trazemos conteúdos importantes sobre esse e outros assuntos na área da eletricidade.

Sobre o autor

Autor Henrique Mattede

Eletricista desde 2006, Henrique Mattede também é autor, professor, técnico em eletrotécnica e engenheiro eletricista em formação. É educador renomado na área de eletricidade e um dos precursores do ensino de eletricidade na internet brasileira. Já produziu mais de 1000 videoaulas no canal Mundo da Elétrica no Youtube, cursos profissionalizantes e centenas de artigos técnicos. O conteúdo produzido por Henrique é referência em escolas, faculdades e universidades e já recebeu mais de 120 milhões de acessos na internet.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário