Você sabe o que é um transformador a óleo? Sabe a diferença entre um transformador a óleo e um transformador a seco? Neste artigo do Mundo da Elétrica falaremos sobre o transformador elétrico, como ele funciona e o que é o transformador a óleo. Vamos lá pessoal!

Transformador elétrico

Os transformadores elétricos são máquinas elétricas com grande aplicabilidade. Nos sistemas de distribuição de energia, por exemplo, são utilizados transformadores elevadores de tensão, para que hajam poucas perdas na transmissão de energia. Já nos pontos de distribuição, são utilizados transformadores abaixadores de tensão, para atender às necessidades das casas, comércios e indústrias.

O transformador elétrico também está presente em vários dispositivos que têm a sua alimentação em 12v ou 24v, diferente do que é ofertado na rede de distribuição, que geralmente trabalha com 127v e 220v.

Dessa forma, podemos dizer que o transformador elétrico é uma máquina elétrica capaz de alterar os valores da tensão, elevando ou abaixando esses valores de acordo com a necessidade empregada.

Diferença entre transformador a óleo e seco.

Transformador elétrico trifásico.

Características do transformador

O transformador é uma máquina que possui duas bobinas elétricas e um núcleo ferromagnético.

Transformador a óleo vantagens e desvantagens.

Características do transformador.

As bobinas são enrolamentos de fio de cobre isolado por verniz. A bobina próxima à fonte de tensão é chamada de primária, enquanto a bobina que fica próxima à carga é chamada de secundária.

Um ponto muito interessante de se ressaltar é que as duas bobinas não possuem contato uma com a outra, ou seja, são isoladas entre si.

O núcleo ferromagnético é composto por várias chapas no formato retangular, e essas chapas são compostas por um material com propriedades magnéticas. Este núcleo tem por objetivo diminuir a dissipação das linhas magnéticas do campo magnético que é criado durante o funcionamento do transformador.

Funcionamento do transformador

Quando a bobina primária é ligada em uma fonte de corrente alternada, é criado nesta bobina um campo magnético variável. As linhas deste campo magnético cortam as espiras da bobina secundária.

Como consequência da variação do campo magnético nas espiras da bobina secundária, surge nessa bobina uma tensão induzida. Essa tensão induzida é proporcional ao número de espiras da bobina secundária.

Dessa forma, se a bobina secundária possuir mais espiras do que a bobina primária, a tensão induzida no enrolamento secundário será maior do que a tensão de entrada, resultando em uma elevação de tensão.

O contrário acontece se o número de espiras do enrolamento secundário for menor do que o do enrolamento primário, ou seja, a tensão de saída será menor do que a tensão de entrada, resultando em um transformador abaixador de tensão.

Diferença entre transformador a óleo e seco.

Funcionamento do transformador elétrico.

Transformador a óleo

Durante o funcionamento do transformador elétrico, este atinge altas temperaturas. O aquecimento do transformador pode ser perigoso e contribuir para perdas de energia durante o processo de transformação.

Para solucionar este problema, é adicionado óleo mineral ao transformador. Os enrolamentos e o núcleo do transformador ficam imersos em um tanque repleto de óleo mineral, que tem por função isolar e resfriar o núcleo.

O transformador a óleo é completamente vedado, composto por aletas que têm a finalidade de realizar a troca de calor com o meio ambiente por condução e convecção.

Transformador a óleo vantagens e desvantagens.

Óleo mineral no transformador a óleo.

Este óleo mineral deve ser constantemente monitorado. O principal indicador que é monitorado neste caso (através de uma análise cromatográfica) é a rigidez dielétrica, além do índice de neutralização, teor de água e tensão interfacial.

Transformador a óleo: vantagens

O transformador a óleo é um item que é facilmente encontrado no mercado, pois possui muita resistência mecânica e tem uma grande gama de fabricantes. As principais vantagens da utilização do transformador a óleo são:

  • Baixo custo do equipamento
  • Necessita de pouca manutenção, que é simples de ser executada
  • Possui alta durabilidade
  • Facilidade de instalação

Como dito anteriormente, um indicativo importante do transformador a óleo é a sua rigidez dielétrica. Para explicar melhor o que este termo significa, o Mundo da Elétrica preparou o vídeo a seguir, vale a pena conferir!

Gostou de aprender sobre o transformador a óleo? Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe-a para nós nos comentários, pois o seu comentário pode ser respondido e até virar tema de um próximo artigo!

Não deixe de acompanhar os outros artigos do site e nos seguir em nossas redes sociais para ter acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)