Conheça neste artigo do Mundo da Elétrica o CLP, dispositivo presente em praticamente todos os processos de produção automatizados das indústrias. Vamos explicar como funciona o CLP, o que é a linguagem Ladder e o que é o ciclo de varredura do CLP. Vamos lá pessoal!

O que é CLP?

O CLP, controlador lógico programável é um dispositivo utilizado para fazer monitoramento e automação de sistemas elétricos através da sua própria inteligência. O CLP também é chamado de PLC, sigla para Programmable Logic Controller.

O CLP é como um computador com inteligência que recebe sinais na entrada, toma decisões com base na programação instalada e aciona as suas saídas. Com o CLP é possível automatizar processos, máquinas e até mesmo linhas de produção.

Programação Ladder do CLP.

Controlador lógico programável – CLP.

Entradas e saídas do CLP

Quando dizemos que o CLP recebe sinais de entrada, estamos nos referindo à sensores, que inserem informações de forma analógica ou digital no CLP. No caso do CLP modular, os sensores ficam localizados em módulos, no caso do CLP compacto, os sensores estão incorporados no gabinete único.

As saídas do CLP são os atuadores, responsáveis pela execução de comandos indicados na programação inserida na CPU do CLP. Assim como nas entradas, as saídas do CLP podem ser encontradas em módulos, no caso do CLP modular. No caso do CLP compacto, as saídas são encontradas no gabinete.

O CLP em blocos refere-se ao aparelho que contém as seguintes partes:

  • Fonte de alimentação: Na maioria dos casos a alimentação do CLP é de 24v em tensão contínua. Como a energia elétrica entregue na rede geralmente não é compatível, a fonte de alimentação do CLP faz a retificação e transformação desta energia de forma que a mesma se torne adequada para a alimentação do CLP.
  • CPU: Na CPU de um CLP podem ser encontrados microcontroladores ou um microprocessadores, dependendo de como o sinal é processado pelo CLP. Os microcontroladores possuem uma memória interna com uma interface de comunicação e são mais indicados para as aplicações de CLP mais simples, enquanto os microprocessadores são utilizados em aplicações mais complexas.
  • Interfaces de entradas e saídas: É justamente o bloco onde encontramos as entradas e saídas do CLP, ou seja, a conexão com os sensores e atuadores.

No caso dos CLPs compactos, a fonte de alimentação, a CPU e as interfaces estão todas dentro de um bloco, que compõe todo o conjunto do CLP.

Programação do CLP

Para determinar como as saídas o CLP atuará após receber as informações das entradas, o programador insere informações no CLP na linguagem Ladder, que é como um idioma de comunicação com o CLP.

A programação Ladder representa a programação feita por um programador, representada por um diagrama gráfico baseado na lógica dos relés, onde as saídas alternam o seu estado lógico de forma binária, ou seja, zero ou um.

Programação ladder do CLP.

Exemplo de programação Ladder.

Os CLPs mais antigos utilizavam exclusivamente a linguagem Ladder, mas atualmente com o avanço da tecnologia da automação, outras linguagens já são utilizadas para desenvolver uma lógica de programação como por exemplo, o diagrama de blocos.

Ciclo de varredura do CLP

Como dito anteriormente, o CLP funciona lendo os sinais entregues pelas entradas, toma as decisões com base no programa inserido em sua CPU e atua as saídas. Este ciclo de funcionamento é contínuo e no caso do CLP, recebe o nome de varredura.

Conforme demandam os sistemas automáticos, este ciclo de varredura é muito rápido, entre 1 e 100 milésimos de segundo, dependendo do CLP e do tamanho da programação inserida.

No vídeo a seguir do Mundo da Elétrica falaremos mais sobre o CLP e o seu papel dentro de uma estrutura de um processo automatizado. Vale a pena conferir!

Gostou de aprender sobre o CLP? Caso tenha alguma dúvida, deixe para nós nos comentários! Continue no Mundo da Elétrica para aprender mais com artigos relacionados à eletricidade.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)