Além da escolha correta da furadeira na atividade laboral, muito importante também é a escolha das brocas a serem utilizadas, pois para cada tipo de material há brocas mais adequadas, promovendo uma melhor furação sem forçar desnecessariamente sua furadeira ou deteriorar precocemente suas brocas.

Em se tratando de brocas existe uma infinidade de modelos, aplicações, materiais, encaixes, pontas ou ferramentas, brocas combinadas entre outras. Neste artigo vamos destacar as mais usuais que atendem um grande percentual do universo de profissionais como marceneiros, carpinteiros, eletricistas, mecânicos e da construção civil.

Tipos de brocas

  • Brocas para concreto

As brocas para concreto são produzidas em aço em formato helicoidal que tem a função de extrair o pó de dentro do orifício. Na extremidade, destinada a perfurar, há uma ponta de videa que tem uma dureza necessária para cortar concreto, alvenaria, cerâmica.

broca-de-concreto

Broca de videa

As brocas tem seções e comprimentos variados e o uso depende da aplicação. As mais comuns são utilizadas para fixação de buchas e chumbadores em paredes, piso ou lajes e estas tem comprimento mais curto e com diâmetros mais comumente usados até 10mm. Há brocas com comprimentos maiores, com 25 a 30cm, utilizadas para atravessar paredes, os diâmetros mais encontrados estão entre 1/4″ e 1″.

As brocas para concreto são utilizadas com furadeiras no modo martelete ou impacto tanto para agilizar quanto diminuir o esforço do usuário ao efetuar a furação. É aconselhável no inicio da furação marcar o ponto a ser furado com uma punção e não utilizar a furadeira no modo martelete, assim, com a rotação mais suave, corre-se menos o risco da broca sair da direção do ponto a ser furado. Quando a broca já estiver inserida na parede o suficiente para garantir que a ponta da broca não irá sair da direção (em torno de 1 cm) mude a chave para a posição impacto e continue a furação.

  • Brocas para madeira

Broca três pontas.

As brocas mais comuns utilizadas em madeira são as de três pontas, construídas em aço carbono. A ponta central é utilizada para posicionar a broca no local correto e guiar o furo, as duas outras pontas promovem um corte de borda preciso. São brocas helicoidais com um fio longitudinal ao longo da borda permitindo que a broca fique alinhada no furo mas promovendo a perfeita ventilação e resfriamento da broca. O desenho helicoidal permite a expulsão do cavaco ao efetuar o furo. Estes tipos de broca são normalmente encontradas em seção até 10mm.

broca-de-três-pontas

Brocas de três pontas.

Broca chata.

Para seções maiores entre 1/2″ e 1.3/8″ (35mm) são mais utilizadas as brocas chatas. Possuem também três pontas com as mesmas funções descritas para a helicoidal, porém a lâmina chata produz cavacos maiores e por ter uma furação maior a própria rotação da broca já expulsa o cavaco e promove o resfriamento da broca.

broca-chata-para-madeira

Broca chata

Broca Forstner.

Outro tipo de broca para madeira são as do tipo Forstner, muito utilizada para efetuar furos para tambor de dobradiça, apresentam também as três pontas, mas não são tão proeminentes como as brocas chatas, uma vez que estas não são utilizadas para transpassar as chapas de madeira.

broca-de-dobradiça

Broca Forstner

Não é incomum ver as brocas de metal sendo utilizadas para efetuar furos em madeira. Para as madeiras menos densas ou macias estas brocas tem desempenho satisfatório, para madeiras duras ou de maior densidade o uso de brocas para metal podem perder o corte ou superaquecer no atrito do corpo da broca com as paredes do furo, perdendo a têmpera necessária para cortes em metal. Deve se respeitar uma velocidade de furação mais lenta ou fazer a furação por etapas retirando os cavacos do sulco das brocas de aço rápido para permitir o resfriamento da broca e evitar, deste modo, que ela se quebre.

  • Brocas para metal

São produzidas em aço rápido no formato helicoidal. São afiadas com a angulação adequada para um corte perfeito em metais. Para o corte em metais é necessário cuidado com a velocidades de rotação e a velocidade axial (de perfuração). A velocidade de rotação mais baixas da furadeira (entre 300 e 900 rpm), permite o resfriamento da broca, normalmente se usa um fluido para potencializar a troca de calor. O resfriamento da broca deve ser constante. No caso da broca sobreaquecer e provocar o resfriamento com um volume de água fria, por exemplo, e fazer isto varias vezes irá “destemperar” a broca, chegando ao ponto de não se conseguir mais fazer furos. A velocidade axial é importante pois se forçar demasiadamente a furadeira contra o metal a ser furado a broca, que é bem afiada, pode afundar e não conseguir produzir um cavaco espesso o que provoca o travamento da broca podendo quebrá-la. Por ser construída com uma liga metálica que lhe dá uma dureza característica, ao se efetuar o furo, qualquer desalinhamento da furadeira no sentido de torcer a broca irá quebrá-la.

broca-para-metais

Broca de aço rápido

  • Brocas de uso misto

Uma broca de uso versátil encontrada no mercado é a multiuso ou de uso misto, podendo ser utilizada para metal, madeira e concreto. Para quem não quer aumentar volume e peso na mala de ferramentas é uma boa opção.

broca-de-multi-construction

Broca multiuso

Independente da broca e do material a ser furado, o uso desta ferramenta deve ser somente no sentido axial. Forçar a furadeira e as brocas no sentido lateral para abrir os furos é uma forma incorreta de se trabalhar, trazendo riscos, como partir a brocar e ter projeção desta no rosto do operador. Muito importante o uso adequado de EPI como luvas, óculos e protetor auricular.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)