A área da eletricidade é muito ampla, com várias possibilidades de atuação e diversos profissionais. Já falamos em outros artigos sobre diversos profissionais do mundo da elétrica como por exemplo, o que faz o técnico em eletrotécnica, técnico em eletromecânica, entre outros. Dessa vez iremos falar sobre o engenheiro eletricista, explicando o que faz o engenheiro e quais são as principais áreas de atuação de um engenheiro eletricista. Vamos lá!

Engenheiro eletricista ou Engenheiro elétrico?

Antes de começarmos a falar sobre o engenheiro eletricista é preciso esclarecer uma dúvida sobre o termo “engenheiro elétrico”. Esse termo “engenheiro elétrico” não está errado, mas por causa da resolução do Confea, os profissionais podem optar por usar o termo engenheiro eletricista em ambientes mais formais, porque esse é o termo impresso na carteira profissional. Em ocasiões informais ambos os termos podem ser facilmente adotados, além disso o termo engenheiro elétrico é comumente usado por pessoas que não são da área.

Engenheiro eletricista

O engenheiro eletricista faz parte dos profissionais responsáveis por levar energia elétrica a toda população com segurança e qualidade, onde as suas atividades também envolvem a fabricação de equipamentos e o desenvolvimento de circuitos elétricos para pequenos componentes da indústria eletroeletrônica.

Para ser considerado engenheiro eletricista e exercer a profissão é obrigatório ter cursado o ensino superior de Engenharia Elétrica reconhecido pelo MEC e obter o registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), caso contrário a pessoa não pode exercer as atividades de um engenheiro eletricista.

Aprenda o que faz um engenheiro eletricista.

O que faz um engenheiro eletricista ?

Engenheiro eletricista, o que faz?

Para entender melhor a profissão do engenheiro eletricista, vamos conhecer um pouco mais das áreas que o engenheiro eletricista pode atuar e as respectivas atividades desenvolvidas nestas áreas como por exemplo, nas áreas de construção civil, fornecimento de energia, telecomunicações, eletroeletrônica e automação, tanto industrial quanto residencial.

Sem dúvidas o trabalho do engenheiro eletricista é fundamental, pois parte de seu trabalho é planejar a distribuição de energia e fazer com que essa energia chegue em cada consumidor da melhor forma possível e segura.

Áreas de atuação: Construção civil

Muitos engenheiros eletricistas são contratados na área da construção civil com a finalidade de projetar circuitos elétricos, e definir os materiais necessários para a execução da parte elétrica da edificação.

Os engenheiros eletricistas são profissionais responsáveis por realizar projetos de sistemas elétricos comerciais, residenciais, públicos e complexos industriais. É importante destacar que o engenheiro eletricista não atua apenas nos projetos de construção, ele também faz o planejamento de reformas e manutenção.

Áreas de atuação: Automação

Na área de automação o engenheiro eletricista é capaz de atuar na parte de planejamento e desenvolvimento das estruturas de automação industrial. O engenheiro projeta desde simples componentes elétricos, até estruturas mais complexas como por exemplo, automatização de processos de produção de uma fábrica, isto é, trabalhando com desenvolvimento de sistemas robotizados e autogerenciáveis para processos industriais

Quando os sistemas de automação já estão implantados na empresa, o engenheiro eletricista também pode atuar como responsável pelas manutenções preventivas e corretivas das instalações, máquinas e equipamentos elétricos.

Áreas de atuação: Telecomunicações

Em telecomunicações o engenheiro eletricista trabalha em conjunto com outros profissionais, atuando na construção de sistemas de telefonia e transmissão de dados, fazendo parte da criação de sistemas de transmissão e contribuindo para a elaboração de projetos de ampliação da empresa.

Área de atuação: Fornecimento de energia elétrica

O engenheiro eletricista é um profissional que tem a capacidade de trabalhar na criação de usinas geradoras de energia elétrica como por exemplo, contribuindo para o dimensionamento de turbinas, sistemas de armazenamento e redes de transmissão. O engenheiro eletricista também possui conhecimentos para desenvolver atividades em subestações, fazendo ajustes de processos e capacidade de fornecimento de energia elétrica de acordo com a demanda de cada região.

O engenheiro eletricista pode atuar nas concessionárias de energia elétrica, fazendo o acompanhamento, manutenção e reparos rápidos, para que não ocorra a interrupção do fornecimento de energia elétrica.

Se você está interessado em aprender mais sobre a profissão do engenheiro eletricista, abaixo temos um vídeo do Mundo da Elétrica que explica os principais motivos para se tornar um engenheiro eletricista.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou tenha curiosidades sobre a profissão do engenheiro eletricista, deixe nos comentários que iremos responder.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Um comentário para “Engenheiro eletricista, o que faz?”

  1. Josué

    Engenharia Elétrica é difícil?

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)