Existem diferentes tipos de sensores de presença que variam de acordo com o princípio de funcionamento. Veremos quais são os principais tipos de sensores de presença, o funcionamento dos sensores de proximidade e sua respectiva aplicação.

Como funciona um sensor de proximidade?

O sensor de proximidade é um sensor adequado para determinar a distância e a presença de um objeto que esteja próximo, sem que tenha contato direto. Ao detectar alguma presença ele aciona um circuito elétrico, que ativa um mecanismo, seja ele alarme sonoro, abrir uma porta entre outros. O funcionamento de um sensor de presença pode ocorrer de duas maneiras: movimento e temperatura.

No decorrer de cada ano, aparecem sensores modernos com o objetivo de uso em diferentes áreas industriais. Para escolher o melhor sensor, é preciso analisar o ambiente da fábrica e quais áreas o empresário deseja automatizar, é importante também selecionar dispositivos que permitem obter qualidade e exatidão.

Principais tipos de sensores e seu funcionamento

Sensor infravermelho

Esse modelo de sensor de proximidade detecta objetos por meio da reflexão de raios infravermelhos. O sensor, lança uma luz invisível e no momento em que o material invade seu espaço de alcance, ele estima as partículas de luz que foram redirecionadas pelo objeto que adentrou o local, desta maneira, ligando um circuito elétrico. Através do cálculo de frequência do sinal alcançado é possível verificar sua distância da luz retratada pelo objeto.

O contratempo com este tipo de sensor, é que sua precisão pode ser limitada pela interferência com distintas fontes de luz a sua volta, no entanto, existem protótipos desenvolvidos para abaixar essa interferência de luzes, por meio de uma frequência própria.

Principio de funcionamento do sensor infravemelho

Sensor de proximidade infravermelho

Sensor acústico

Como o próprio nome do sensor diz, ele funciona por intermédio de som. O funcionamento desse sensor é semelhante ao do infravermelho, mas, ao invés de fótons, a máquina percebe e manifesta inúmeras frequências de ondas sonoras na atmosfera. O sensor lança variadas ondas inaudíveis e identifica a reflexão estimulada pelo fechamento de uma matéria estranha, de forma semelhante a uma cicatriz. Quem possui um carro que tem instalado o sensor de estacionamento, já fez uso deste tipo de sensor de proximidade.

Como funciona um sensor de proximidade acústico?

Sensor de proximidade acústico, usado como sensor de estacionamento

Sensor capacitivo

Sensores capacitivos possuem um método de funcionamento distinto dos restantes, uma vez que faz uso da norma dos capacitores, a fim de identificar a influência de objetos ao lado. Isto é, uma placa é unida a um oscilador de radiofrequência, de modo a identificar modificações num capacitor produzido pelo objeto estranho (segundo polo) e o ar (dielétrico).

No momento, em que existe alteração no distanciamento no meio do objeto e a placa, a capacitância do arranjo se modifica, levando o oscilador á mandar um sinal em direção ao dispositivo. A utilidade deste sensor é sua variabilidade em relação aos diversos objetos que pode constatar, por exemplo, papel, madeira, plástico, vidro e inclusive líquidos, visto que todos esses materiais atrapalham no rendimento do esquema de armazenar energia elétrica.

Como funciona o sensor capacitivo?

Sensor de proximidade capacitivo, utilizado para detectar objetos metálicos.

Sensor indutivo

Os sensores de proximidade do tipo indutivo utilizam os campos magnéticos para identificarem a existência de objetos. Determinado circuito elétrico encontra-se unido a uma bobina, a qual suporta interferência do campo magnético. Desde o instante que um objeto invade o campo magnético, a corrente na bobina se modifica e o circuito pode ser aberto ou fechado, conforme a finalidade do esquema. Esse sensor de proximidade busca tornar-se sensível a materiais condutores de energia elétrica, e torna-se mais visto em fábricas, em controles de robôs e braços mecânicos no procedimento de formação.

Sensor de proximidade indutivo, também usado para objetos metálicos, utilizando impedância da bobina de indução

Sensor de proximidade indutivo.

Este vídeo abaixo explica como executar uma carga com um sensor indutivo de 12 V a 24V DC. Observe o princípio de funcionamento desse sensor para identificar metal próximo, veja também o esquema elétrico de ligação.

Esperamos que tenham entendido a diferença dos principais tipos de sensores e seu funcionamento. Se tiver permanecido alguma dúvida sobre este assunto, deixe nos comentários que vamos responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)