Quando o assunto é resistor elétrico, logo vem aquele monte de dúvidas como por exemplo, o que é resistor? Qual a tabela de cores e os tipos de resistores? Como calcular a tolerância do resistor? Enfim, vamos responder todas estas perguntas e dar muitas dicas e informações sobre os resistores elétricos. Vamos lá pessoal!

O que é um resistor?

O resistor é um componente elétrico passivo que tem a função primária de limitar o fluxo da corrente elétrica em um circuito. Para facilitar o entendimento, observe o exemplo da água passando por um cano representado na imagem abaixo. Neste caso, o fluxo de água é uma analogia à corrente elétrica que flui em um circuito elétrico. Portanto, quando criamos uma resistência ao fluxo da água, a corrente irá se reduzir.

O que é resistor?

Um resistor funciona limitando a corrente a elétrica!

O resistor possui uma resistência maior do que os cabos e trilhas de um circuito elétrico, forçando a redução da corrente elétrica que passa por ele! Sendo assim, ele provoca uma queda de tensão.

A relação entre a tensão, corrente elétrica e resistência elétrica é descrita pela Lei de Ohm. George Ohm era um cientista alemão que em 1827 descobriu que a resistência elétrica é igual à tensão dividida pela corrente e esta fórmula é uma das mais importantes quando falamos de eletricidade!

Resistores elétricos: Polaridade!

Uma dúvida bem comum quando falamos de resistores, é se ele tem polaridade! A reposta é bem simples, o resistor não tem um lado positivo e um lado negativo, não há um lado certo ou uma polaridade determinada para ligar um resistor em um circuito. Portanto, você pode inverter o resistor que resistência elétrica continuará a mesma.

Resistores elétricos: Aplicação!

Para exemplificar a importância da utilização de um resistor, observe o exemplo a seguir. Para acender um LED vermelho usando uma fonte de 5V, com 20mA de corrente já é o suficiente para acendê-lo, mas se ligarmos o LED direto na fonte, sem um resistor, o LED irá se queimar rapidamente pois não há nada para limitar a tensão no circuito.

Para evitar este problema, você deve colocar um resistor entre a fonte de tensão e o LED, mas não pode ser um resistor qualquer! É necessário que ele tenha uma resistência suficiente para limitar a corrente de 20mA e que crie uma queda de tensão adequada para o funcionamento do LED.

Resistores elétricos: Como calcular?

Usando a Lei de Ohm, sabemos que a resistência é a tensão dividida pela corrente. Sendo assim, a tensão no resistor é os 5V da fonte menos os 2V de queda de tensão no LED, resultando em 3V. Jogando os valores na fórmula e dividindo a tensão do resistor que é de 3V por 20mA que é a corrente que irá passar por ele, teremos o valor de 150 Ohms para a resistência, assim como mostra na imagem a seguir:

O que é Lei de Ohm?

Como calcular a tensão utilizando a Lei de Ohm?

Sendo assim, se colocarmos um resistor de 150 em série com a fonte e o LED, a corrente é limitada e agora o LED acende sem se queimar, pois o resistor limita a corrente total que passa pelo circuito! É claro que este foi apenas um exemplo de aplicação simples, mas praticamente qualquer circuito eletrônico que você encontrar por aí tem resistores, sejam eles aparentes ou dentro dos circuitos integrados.

Resistores elétricos: Quais os tipos?

Existem vários tipos de resistores e os símbolos para os resistores também são variados. Na imagem abaixo você pode observar isso, o da esquerda é definido pelo IEEE (I3E) e o da direita pelo IEC.

Qual o melhor resistor?

Quais são os símbolos e tipos de resistores? Conheça as principais características dos resistores.

Os resistores fixos possuem um valor de resistência constante e eles são o tipo mais comum. Eles podem ser axiais ou SMD, sendo que os resistores SMD são soldados sobre as placas e são os mais utilizados por serem pequenos e fáceis de montar em alta escala.

Já os resistores variáveis são aqueles em que é possível mudar o valor da resistência! A maioria dos resistores variáveis são ajustados por movimentação mecânica, ou seja, você precisa mover o ajuste manualmente.

Quando é um divisor de tensão com 3 terminais, eles são chamados de potenciômetros. Quando são apenas uma resistência variável, eles recebem o nome de reostatos. Existem também os potenciômetros digitais que são controlados por software, geralmente através de comandos de um sistema micro controlado com um Arduíno, por exemplo.

Outra categoria são as resistências que variam a partir de alguma grandeza física, como por exemplo, a temperatura, luz ou tensão. Neste grupo se incluem os LDRs e o varistores, por exemplo!

Resistores elétricos: Tipos de materiais!

O tipo de material do qual é feito o resistor também é muito importante. Resistores de fio são os mais antigos e são nada mais que um fio resistivo enrolado em um material não condutor como por exemplo, a cerâmica. Eles possuem resistência elétrica baixa, podem ser bem precisos e também podem ser ajustáveis. A desvantagem dos resistores de fio é que como eles são enrolados como uma pequena bobina, geram uma indutância que pode ser significativa em circuitos de alta frequência.

Também existem os resistores de carvão ou compostos de carbono que são construídos com uma mistura de um cerâmica não condutora e partículas finas de carbono. Embora eles apresentem uma precisão inferior, ainda são muito usados visto que nem todo circuito exige grande precisão.

Resistores de filme de carbono tem uma maior precisão do que os resistores de compostos de carbono, mas de propriedades inferiores em relação ao resistores de película metálica ou película de filme de óxido metálico. Os resistores de película metálica se parecem com os de película de carbono, mas tem uma camada de metal ao invés de uma película de carbono. Estes resistores tem uma precisão melhor e uma estabilidade térmica muito boa, gerando menos ruídos nos circuitos e por isso, são os mais utilizados em circuitos de áudio.

Quando pensamos em durabilidade, os resistores de óxido de metal são os que tem uma resistência maior à temperatura e maior confiabilidade do que os resistores de película de metal. Eles possuem a mais alta precisão disponível e estabilidade, consequentemente são mais caros que os demais resistores!

Resistores elétricos: Código de cores!

A maior parte dos resistores atuais tem uma marcação com faixas coloridas que serve para indicar o valor da resistência e a sua tolerância. Existe uma tabela de cores para descobrir o valor de um resistor, inclusive já falamos disso em outro artigo aqui no nosso site, convidamos para esta leitura extra. Mas de qualquer forma, vamos dar um exemplo rápido calculando o valor de um resistor a partir das cores!

No nosso exemplo da imagem abaixo, temos um resistor de composto de carbono com quatro faixas de cor. Sendo que a primeira faixa dá o primeiro dígito do valor da resistência. A segunda faixa dá o segundo dígito. A terceira faixa indica um fator de multiplicação e a quarta faixa dá a tolerância do resistor.

O que significa as faixas coloridas no resistor?

Saiba como definir a tolerância de um resistor através da tabela de cores!

Observando esta tabela que você também encontra no artigo sugerido acima, vemos que a primeira cor é marrom, corresponde ao número 1. A segunda cor, que é o preto, corresponde ao 0, formando até agora o número 10. Como o resistor tem apenas 4 cores, a 3ª cor é o multiplicador e o vermelho significa multiplicar por 100. Sendo assim, o valor deste resistor é 10 multiplicado por 100, resultando em 1000 ohms ou 1k ohm ou simplesmente um resistor de 1k.

A última cor representa a tolerância ou a precisão do resistor. Como neste caso, a última cor é o dourado, significa que o valor da resistência pode variar em até 5%. Portanto, o resistor da imagem é um resistor de 1k ohm com tolerância de 5%.

No vídeo abaixo, você encontra todas estas informações passadas de uma forma bem dinâmica, com exemplos práticos, detalhes dos tipos de resistores e também a medição da tolerância do resistor utilizando um multímetro.

Estamos finalizando mais este artigo e esperamos que tenham compreendido toda a importância e funcionalidade dos resistores. Caso tenha ficado alguma dúvida, basta deixar aqui nos comentários que iremos responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

2 comentários para “O que é um resistor?”

  1. Antonio

    Grato pelas informações disponíveis…

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Sempre a disposição Antonio!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)