Entenda para que serve o conversor digital!

Você já utilizou um conversor digital? Já viu uma TV antiga com conversor? Sabe a diferença entre um conversor e um receptor digital? No artigo de hoje, o Mundo da Elétrica vai explicar o que é um conversor digital. Então vamos lá pessoal!

Com a evolução da tecnologia, o mundo está cada vez mais digital! Entretanto, muitos aparelhos e dispositivos ainda funcionam de forma analógica, e para resolver esse problema são necessárias interfaces que convertem as informações analógicas para dados digitais. Eles são processados e logo em seguida, são convertidos novamente para a forma analógica.

Os conversores são circuitos que transformam grandezas analógicas em digitais ou grandezas digitais em analógicas. Na imagem abaixo, é possível ver os diagramas em básicos dos conversores analógico-digitais (ADC) e digital-analógicos (DAC).

Conversor digital analógico e analógico digital.

Modelos de conversores DAC e ADC.

Por exemplo, os aparelhos que tocam CD possuem o som gerado em alto-falantes, a partir da conversão de informações digitais, em que a música é codificada digitalmente para a forma analógica. Pois, para poder reproduzir um sinal de áudio, o alto-falante precisa ser excitado através de um sinal analógico.

Conversor Digital

Uma aplicação muito comum dos conversores é em televisão. Isso porque, ao longo do tempo as televisões foram evoluindo e se modernizando graças a introdução de tecnologias que melhoram a qualidade do som e da imagem.

As redes de televisão atualmente exibem canais que transmitem imagens e áudios digitais, porém algumas televisões mais antigas ainda possuem sinais analógicos! Devido a essa incompatibilidade, é necessário utilizar os conversores digitais.

O conversor digital é um aparelho que trouxe avanços significativos na adaptação dos televisores! A sua principal função é captar o sinal digital das emissoras abertas, bem como separar em vídeo, áudio e dados. Após isso, eles são enviados para as entradas específicas na sua televisão. Resumindo, ele trabalha convertendo o sinal analógico em digital!

Ele é utilizado em televisores tradicionais de tubo ou em televisores sem conversor integrado. É importante salientar que em TV’s de tubo é necessário utilizar a entrada RCA, aquela com três conectores nas cores amarelo, branco e vermelho. Já em TV’s LCD, LED ou Plasma, a entrada que deve ser utilizada é a HDMI.

Na imagem abaixo, é possível ver as saídas de um conversor externo digital.

Conectores HDMI e RCA do conversor.

Saídas do conversor digital.

Os dois tipos de conversores digitais existentes são os externos e os integrados. O conversor externo se destaca pela economia! Além disso, os conversores externos possuem mais praticidade ao se tratar de reparos e manutenções. Eles também podem possuir softwares que atribuem maior interatividade com o usuário!

A melhor resolução de um sinal em Full HD é de 1920×1080. Se a sua televisão tiver a opção de programá-la para exibir imagens com essa qualidade, basta adaptá-la ao conversor e você poderá desfrutar de som e imagem com qualidade incomparável.

Quanto maior a resolução da tela, melhor será a qualidade da imagem por ela apresentada, evitando aqueles efeitos chuviscos ou imagem fantasma.

Receptor digital

O receptor digital é o ideal para quem utiliza antena parabólica em casa, independentemente do tipo de TV. Ela é muito utilizada em regiões em que o sinal de TV analógico ou digital chega apenas dessa forma. Existem três tipos de receptores digitais:

Se você deseja aprender mais sobre elétrica, recomendamos que você se inscreva no canal do Mundo da Elétrica no YouTube! Abaixo, deixamos um vídeo sobre conversores para que você possa aprender mais sobre esse tão importante equipamento!

Continue nos acompanhando no site Mundo da Elétrica e nos siga também na redes sociais! Caso você tenha alguma dúvida ou sugestão, não hesite em nos escrever nos comentários, pois iremos te responder!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário