Como ser um eletricista de sucesso? Neste artigo vamos dar várias dicas para você se destacar dos concorrentes e conseguir ampliar cada vez mais o seu alcance no mercado, indiferente de ser um eletricista iniciante ou um experiente.

Investir na sua formação profissional

Estes cursos para formação de eletricistas tem variação de carga horária de acordo com a instituição e também de nível de formação. Eles podem ter uma duração de até quatro anos, mas existem cursos bem menores e cabe a você escolher aquele que mais lhe atende. Os cursos podem ser divididos em 3 categorias:

  • Capacitação profissional: Cursos de menor duração, geralmente alguns meses, mais voltados para uma capacitação específica ou uma capacitação inicial, ex Curso para eletricista instalador predial ou Curso de inversor de frequência.
  • Graduação técnica: Cursos com duração média de 18 meses (3 semestres) que conferem um grau técnico reconhecido pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), ex Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Eletrônica.
  • Graduação superior: Cursos com longa duração que podem ser subdivididos em dois níveis:
    • Tecnólogo: Média de 30 meses (5 semestres) que conferem um grau superior em tecnologia também reconhecido pelo CREA, ex Tecnólogo em Eletrotécnica, Tecnologia em Instalações Elétricas
    • Engenharia: Curso com duração de 60 meses (10 semestres) confere o grau superior em engenharia também reconhecido pelo CREA, ex Engenharia elétrica, Engenharia eletrônica, Engenharia em energia.

Como escolher um bom curso?

O bom curso é aquele que irá oferecer ótimas aulas teóricas e excelentes aulas práticas e é claro, ele deve ser um curso rigoroso que realmente exija que você se empenhe para concluí-lo.

O bom curso de elétrica geralmente conta com matérias sobre a lei da eletricidade, sistemas de circuito, segurança elétrica, esquemas de sistemas elétricos, solda e outras do segmento. É importante conhecer antes de se matricular em um curso qual a grade de matérias que serão ministradas de maneira a casar com seus objetivos de crescimento na carreira.

Conhecimentos sobre o Código Elétrico Nacional, normas técnicas e apresentação de novos métodos e equipamentos de eletricidade que surgiram no mercado elétrico são fatores que enriquecem e valorizam ainda mais este curso. Uma boa opção neste sentido e conhecer o sites dos fabricantes de materiais que muitas vezes disponibilizam uma série de materiais, catálogos, vídeos e até mesmo cursos mostrando como utilizar os produtos por eles fabricados.

Infelizmente, as pessoas ainda se acomodam e preferem aqueles cursos que servem apenas para pegar diploma, apesar de ser fácil concluí-lo, você dificilmente terá uma boa formação e consequentemente será engolido por profissionais mais capacitados no mercado de trabalho.

Como ser um bom eletricista?

Dicas para se destacar como eletricista

Planejar bem sua carreira e seus objetivos

É fundamental se inteirar de todas as áreas de atuação que o eletricista pode trabalhar e quais são as características de cada uma. Você pode ser um eletricista do ramo de construção civil, eletricistas públicos ou inspetores, etc. Existem várias possibilidades, mas se você não pesquisar bem, certamente terá enormes dificuldades para planejar sua carreira. Veja uma pequena lista das várias áreas cobertas pela eletricidade:

  • Eletrotécnica;
  • Eletrônica;
  • Eletromecânica;
  • Automação (residencial e industrial);
  • Domótica;
  • Robótica;
  • Instrumentação;
  • Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica;
  • Telecomunicações

Esta falta de conhecimento e planejamento faz com que grande parte dos eletricistas recém formados acabe abandonando a área antes mesmo de completar 5 anos de carreira. Quais são as suas metas? Como será a forma de divulgar seu serviço? Como se diferenciar dos concorrentes? Tudo isso deve estar no seu planejamento, caso contrário a frustração é certa.

O que um bom eletricista precisa?

Além dos conhecimentos e habilidades técnicas, este profissional precisa ter uma excelente capacidade de comunicação, responsabilidade, praticidade, visão apurada para detecção e apresentação dos problemas e um conhecimento básico em informática.

Outra coisa muito importante é a licença para trabalhar como eletricista. Sim, esta parte burocrática é fundamental para exercer a profissão de eletricista de forma correta e segura. Para conseguir está licença, será necessária a realização de vários exames para testar os seus os conhecimentos na área de eletricidade.

Para saber mais sobre esta licença e como adquiri-la, basta acessar o site do Ministério do Trabalho e procurar informações sobre a Carteira de Aptidão Profissional. Outra opção é ir diretamente no órgão de Direção Geral de Energia da sua região.

A importância das redes sociais

Atualmente é quase impossível imaginar um profissional de sucesso que não tenha um perfil em alguma rede social. Isso ajuda demais na divulgação do seu trabalho e principalmente na proximidade com seu público alvo.

Os clientes gostam de estar sempre informados e suas dicas vias redes sociais podem chamar a atenção destas pessoas. Estas mídias também servem para sanar dúvidas e criar um elo de confiança com os seus clientes.

A melhor forma de se destacar dos demais é fazer algo inovador e que passe total certeza de que você domina aquele assunto. Quando você ganha o cliente, você ganhou uma nova ferramenta de divulgação que é a o famoso boca-a-boca. Neste ponto o conhecimento teórico tem um poder incrível de passar segurança ao cliente e ao mesmo tempo convencer com argumento reais a necessidade de se usar certo equipamento ou ser realizar determinado serviço.

Um erro que muitas pessoas cometem é deixar esta interação e divulgação do seu trabalho na mão de terceiros. Não estamos falando que jamais outra pessoa pode fazer isso por você, mas é indispensável saber quem está cuidando desta parte do seu negócio e se está fazendo corretamente.

Considerações finais

A inovação é algo que traz destaque e isso é algo que deve ser explorado pelas pessoas que tem boas ideias. As dicas que apresentamos aqui é de uma forma geral, um manual básico pra enfrentar o mercado de trabalho.

Se o profissional não continuar estudando, se atualizando e buscando novas formas de se destacar, dificilmente ele irá sobreviver no mercado atual que é extremamente competitivo.

Existem diversos excelentes profissionais que não se destacam por não saber controlar o seu negócio ou interagir com o cliente. Isso é um obstáculo enorme, mas é um problema que pode ser contornado com e força de vontade.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

4 comentários para “Como se qualificar na área de eletricidade”

  1. José Raimundo Nogueira Santos

    O segredo é não se acomodar e sempre priorizar a qulificação.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Estudar e se capacitar sempre! Obrigado por participar José!

      Responder
  2. Thiago Matsuda

    Boa Tarde!

    Sou inscrito do canal e gosto muito dos videos, são todos muito bons e com otimo conteudo. Tenho uma duvida e gostaria de uma ajuda, trabalho no ramo de sistemas de combate e proteção contra incêndio, atua na área de projeto e instalação elétrica, painéis de alarme e de iluminação de emergência mas aprendi tudo na prática e no campo, gostaria de saber qual dos segmentos da elétrica eu posso estudar para melhorar e ganhar uma certificação, basicamente todo o sistema é de baixa tensão 24Vcc e 12Vcc e intertravamentos de reles.
    Obrigado!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Para iniciar e clarear mais seus conhecimentos te indico um curso de comandos elétricos.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)