Junto com os avanços tecnológicos, as baterias vêm sofrendo constantes mudanças em suas estruturas e composições, sejam baterias de celular, tablet, câmeras, brinquedos e entre outros. Mas mesmo assim é muito comum ouvirmos vários boatos sobre elas e principalmente as baterias dos celulares. Pensando nisso resolvemos te ajudar, mostrando o que de fato pode ou não interferir no desempenho da bateria e dar algumas dicas de uso, que irão te ajudar a manter o bom desempenho de sua bateria, vamos lá pessoal!

É bem comum ouvirmos as pessoas dizerem que seus celulares estão com as baterias viciadas, por isso elas costumam recomendar umas às outras para não deixar o celular carregando toda hora, deixar a bateria acabar completamente, para então carregá-la constantemente, não deixar o aparelho na tomada depois de ter completado a sua carga, não usar o smartphone enquanto o aparelho está carregando entre outras ideias, mas será que isso tudo é realmente verdade?

Para podermos responder a essas perguntas é necessário saber um pouco mais sobre estrutura interna das baterias, como elas funcionam, quais os principais tipos de baterias e onde estão sendo utilizadas por exemplo, para então podermos embasar nossas respostas de acordo com as informações obtidas.

Estrutura interna das baterias:

De forma simples a estrutura interna de uma bateria é basicamente composta de duas chapas, sendo que uma positiva e a outra negativa, um material isolante entre as placas e um meio condutor de eletrólito, que deve ser mantido sob pressão e temperatura controladas.

As baterias dos smartphones possuem um pequeno circuito eletrônico, ele é responsável pela segurança desta bateria, pois ele tem a capacidade de monitorar a temperatura e pressão interna da bateria ajudando ela a se manter estável.

O eletrólito é extremamente instável, qualquer evento que faça com que esta substância perca esta estabilidade gera uma reação exotérmica na bateria, ou seja, ela irá liberar uma grande quantidade de calor.

Esta instabilidade do eletrólito pode ocorrer devido a vários fatores internos ou externos, como por exemplo uma queda do aparelho celular, bateria exposta a altas temperaturas ou mesmo quando o circuito eletrônico de proteção da bateria está danificado ou apresenta falhas, devido a algum erro de fabricação. A principal causa que pode fazer o celular explodir é a sua bateria, por isso a necessidade de tantos cuidados com a mesma. Agora que sabemos em geral como é a estrutura interna das baterias dos smartphones podemos responder às principais perguntas sobre elas.

Utilizar o celular enquanto carrega:

Usar o celular enquanto carrega, por exemplo enviando mensagens, jogando ou assistindo a vídeos durante o carregamento são práticas não aconselháveis, estas fazem aumentar a temperatura do dispositivo, levando a um aquecimento fora do normal. Também é comum haver elevação na temperatura da bateria, principalmente se ela estava com a carga muito baixa, sendo assim como já vimos anteriormente o aumento da temperatura nas baterias de lítio pode ser prejudicial e perigoso, além de aumentar o tempo de carregamento.

Usar o celular enquanto carrega danifica a bateria?

Celular carregando pode explodir?

Carregar o celular somente após ter descarregado completamente:

Com certeza alguém já te falou para deixar o celular descarregar completamente, para só então carregá-lo, caso contrário a bateria do seu smartphone pode ficar viciada. Está recomendação não é válida para os aparelhos celulares atuais, todas as baterias que são fabricadas para os smartphones atualmente são de lítio íon, essas baterias não sofrem com o efeito memória, ou seja, elas não viciam!

Ao contrário do que muitos pensam, essa prática de deixar o celular descarregar completamente é prejudicial para as baterias e isso só era feito nos celulares antigos, pois as baterias não eram feitas de íons de lítio.

Alguns celulares com carga baixa, normalmente abaixo de 7% acabam se desligando automaticamente, ou indicam que não possuem mais cargas e desligam, quando na verdade ainda resta carga, isso acontece pois no aparelho existem muitos circuitos que precisam de alguma energia reserva para guardar informações.

As baterias de íons de lítio permitem serem carregadas a qualquer momento, ou seja, se seu celular está carregando, e você precisa sair pode retirá-lo do carregador sem problemas. Recomendamos que você mantenha a carga da bateria entre 20% e 80%, nunca deixando ele descarregar completamente.

Deixar o smartphone carregando durante a noite toda:

Muitos dizem que não é bom deixar o celular carregando mesmo depois de ter completado a carga, mas isso na verdade não prejudica o aparelho, bateria ou carregador. Os smartphones, como o próprio nome diz, são programados para saber quando a bateria está com a carga completa, e o momento exato que devem parar de carregar enquanto o aparelho ainda estiver conectado à fonte de energia.

De maneira bem simples, o celular tem a capacidade de comunicar com carregador, podendo dessa forma interromper o fornecimento de energia para a bateria. Por este motivo que recomendamos a utilização de baterias e carregadores originais dos próprios modelos, pois em suas estruturas internas existem esses componentes ou circuitos que são capazes de oferecer total segurança e qualidade para o aparelho.

Usar estes componentes piratas além de não oferecer segurança para o aparelho, nem para o usuário, de fato irá reduzir o tempo de vida útil do aparelho ou carregador.

Para que você entenda melhor este vídeo abaixo mostra detalhadamente a diferença entre os carregadores piratas e originais, além de alertar sobre os perigos de usar esses aparelhos piratas.

Finalizamos aqui este artigo e esperamos ter ajudado mostrar o que é mito ou verdade sobre as baterias de celular! Se ainda tiver ficado alguma dúvida ou curiosidade sobre este assunto, deixe nos comentários que iremos responder.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

10 comentários para “Bateria do celular vicia? Mito ou verdade?”

  1. Nicola Roberto de Oliveira

    Muito bom. Parabéns.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Obrigado Nicola!

      Responder
  2. Vaneberg

    Ótimo artigo. Bastante esclarecedor. Por estas razões, resolvi divulgar o conteúdo.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      OBrigado Vaneberg!

      Responder
  3. Yagami

    É como eu li em Battery University, show de bola :D

    Responder
  4. João Antônio Martins de Oliveira Oliveira

    Valeu pelas dicas

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Sempre a disposição!

      Responder
  5. Francisco

    Obrigado! Ficou claro!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Nós que agradecemos!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)