Capacitores surgiram da necessidade de armazenar cargas elétricas para usa-las futuramente de maneira flexível quando houver resistência em seus terminais. Capacitor é um componente eletrônico capaz de armazenar carga elétrica, ao ser ligado em uma fonte de tensão, o capacitor possui dois terminais para sua polarização (o terminal maior é positivo e o menor é negativo), dentro do capacitor os terminais são conectados por placas metálicas, geralmente de alumínio, separados por um material dielétrico. Esse material dielétrico pode ser de diversos materiais, como cerâmica, teflon, mica, porcelana, celulose, milar e até ar. Dielétrico é o material isolante que é capaz de se tornar condutor quando submetido a determinado valor de campo elétrico, essa mudança de estado (isolante para condutor) acontece quando o campo elétrico é maior que a rigidez dielétrica do material, ou seja, até os materiais isolantes podem conduzir quando submetidos a determinado valor de cargas elétricas.

Capacitância

O material dielétrico usado o capacitor determina a melhor ocasião para aplicação do capacitor. Capacitância é a quantidade de carga elétrica que um capacitor é capaz de armazenar. A capacitância é medida em Farad, cuja abreviação é o F. A Capacitância é determinada pelas dimensões das placas, diretamente proporcional à área (quanto mais carga, mais intenso o campo elétrico) e inversamente proporcional à espessura do dielétrico (Porque o campo elétrico é inversamente proporcional à área). A Capacitância é dada por: C = Q/V, onde:

C = capacitância, medida em Farad (F).

Q = cargas elétricas, medida em Coloumb (C).

V = tensão, medida em Volt (V).

Como funciona o capacitor

Como dito anteriormente, o capacitor tem como sua principal característica o acumulo de cargas elétricas em duas placas que são separadas por um material dielétrico. Elas placas ficam muito próximas uma das outras. Como são cargas opostas elas se atraem, ficando armazenadas na superfície das placas mais próximas do isolante dielétrico. Devido a essa atração, é criado um campo elétrico entre as placas, através do material dielétrico do capacitor. A energia que o capacitor armazena advém do campo elétrico criado entre as placas. É, portanto, uma energia de campo eletrostático.

Capacitor, visão interna.

Capacitores.

Eletrostática é o ramo da física que estuda as cargas elétricas quando estão em repouso, ou em equilíbrio, não estão em movimento. Este estado das cargas é chamado de eletricidade estática, se estas cargas estiverem em movimento, o nome desse evento seria corrente elétrica, e a esse evento dá-se o nome de Eletricidade Dinâmica.

Quando o capacitor está carregando ou descarregando existe um valor variável de corrente elétrica. Mas, como entre as placas do capacitor existe um material dielétrico, essa energia não passa de um aplaca para outra, ficando assim, armazenada.

Quando o capacitor está totalmente carregado (alcançou o regime estacionário), ou totalmente descarregado (está aberto) não existe esse fluxo de energia, pois as cargas não estão em movimento, uma vez que para ser corrente elétrica as cargas precisam estar em movimento.

Aplicação dos capacitores

Existem variações nos modelos dos capacitores, para se adequarem a diferentes utilizações. Como dito anteriormente, o material dielétrico influencia na situação a qual o capacitor será usado. São dispositivos encontrados facilmente em circuitos eletrônicos, e outros lugares como, por exemplo:

  • Sensores;
  • Osciladores;
  • Filtros de ruídos em sinais de energia;
  • Absorver picos e preencher vales em sinais elétricos;
  • Divisor de frequência em sistemas de áudio;
  • Armazenamento de carga e sistemas de flash em câmeras fotográficas;
  • Em conjuntos de transistores em memórias DRAM;
  • Como baterias temporárias e som automotivo (mega capacitor);
  • Laser de alta potencia (banco de capacitores);
  • Radares (banco de capacitores);
  • Aceleradores de partículas (banco de capacitores);
  • Sintonizadores de rádio (capacitor variável);
  • No start de motores de portão eletrônico (capacitor de partida);
  • Em fontes de alimentação;

Umas das principais aplicações dos capacitores é a de separar as correntes alternada e contínua quando estas se apresenta simultaneamente. Em corrente contínua (CC) o capacitor se comporta como um Circuito Aberto, e em corrente alternada (CA) o capacitor se comporta como uma resistência.

A diferença entre o capacitor e a bateria é que o capacitor é muito mais simples. O capacitor armazena a energia, enquanto a bateria produz energia através de processos químicos e a armazena.O Capacitor é muito mais rápido no processo de descarga da energia acumulada, em comparação com baterias, além de serem aplicados em ocasiões onde a bateria não tem aplicação, como, por exemplo, dividir frequências e suavizar sinais elétricos.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

38 comentários para “Como funcionam os capacitores?”

  1. Vicente

    Excelente matéria.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Muito obrigado!

      Responder
    • Otima Materia

      Muito bom

      Responder
      • Henrique Mattede

        Obrigado! :)

    • Nathancegonha

      Adorei o resultado amei a matéria fiquei feliz!

      Responder
      • Equipe Mundo da Elétrica

        Que ótimo Nathan!

  2. Heleno

    Muito bom Henrique. Informação simples porém, mt complexa.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Tentamos simplificar para melhorar o aprendizado!
      Se ainda não nos segue, não deixe de se inscrever em nosso canal no youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Veja nossos vídeos e nos ajude com a divulgação.
      Postamos novos vídeos toda semana.

      Responder
  3. Daniel

    Gracias por lá informacion, muy clara y dinámica

    Responder
    • Henrique Mattede

      Gracias por mensaje.
      Si usted no nos sigue, sin embargo, no dejes de suscribirte a nuestro canal en youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Vea nuestros videos y ayudarnos con lá divulgación.
      Publicamos nuevos videos cada semana.

      Responder
  4. Rogerio

    Ótimo artigo, contribui muito para aprendizado

    Responder
    • Henrique Mattede

      Obrigado! Que bom que está gostando de nossos conteúdos.
      Se ainda não nos segue, não deixe de se inscrever em nosso canal no youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Veja nossos vídeos e nos ajude com a divulgação.
      Postamos novos vídeos toda semana.

      Responder
  5. Marthony

    Olá. Tenho um automatizador de portão usava 220. Agora só tenho energia 127 o que fazer pra ele funcionar normalmente.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Bem o uso de um transformador é uma opção.
      Se ainda não nos segue, não deixe de se inscrever em nosso canal no youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Veja nossos vídeos e nos ajude com a divulgação.

      Responder
    • Luiz Mariano

      Compra um transformador, 110V para 220V ele opera nas duas tensões e várias potência.

      Responder
  6. Guilherme

    Ótima matéria, continuem assim

    Responder
    • Henrique Mattede

      Obrigado, estamos trabalhando para ter mais material de qualidade.

      Responder
    • Henrique Mattede

      Obrigado, pretendemos sim continuar e melhorar.

      Responder
  7. Vilani

    Muito bom essas informações. Ajudam muito para nós, técnicos e entusiastas da área. Valeu

    Responder
    • Henrique Mattede

      Poxa eu que agradeço por este apoio. Estamos aqui para ajudar.

      Responder
  8. Luiz Eduardo

    Parabéns! Vocês são ótimos!

    Responder
    • Henrique Mattede

      Poxa muito obrigado! :)

      Responder
  9. Ronald

    Muito bom ótimo!

    Responder
    • Henrique Mattede

      Otimo, muito obrigado pela mensagem.

      Responder
  10. Luís Zua

    Que Matéria incrível

    Responder
    • Henrique Mattede

      Fico muito feliz que tenha gostado :)

      Responder
  11. João

    Após carregar um capacitor em corrente alternada, ao desconectar os terminais, que tipo de corrente ele permanece armazenada, contínua ou alternada?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Iremos desenvolver um artigo para explicar com mais detalhes essa dúvida, obrigado pela colaboração.

      Responder
  12. Bada

    Muito clara.e de facil entendimento.
    Meus parabéns

    Responder
  13. Jefter Victor Gonçalves

    Já tem um tempo que acompanho o mundo da elétrica, graças a sua credibilidade tem crescido exponencialmente. Sucesso ai amigo!

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Que ótimo Jefter! Muito obrigado por nos prestigiar! Sucesso!

      Responder
  14. Anônimo

    Ótimo assunto, porém, é necessário a correção de alguns erros em algumas palavras. Por exemplo: “caragas”, *cargas. No mais, muito bom. :)

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Obrigado! Corrigido! Valeu pela dica ;-)

      Responder
  15. Magno Mendes

    Obrigado por compartilhar seus conhecimentos conosco, vocês do mundo da elétrica, fazem realmente a diferença, muito bom parabéns.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Muito obrigado pela mensagem Magno! =)

      Responder
  16. Bruno

    Muito bem explicado. ÓTimo mesmo.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Valeu Bruno!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)