Usamos constantemente em casa ou nas fábricas e comércio aparelhos elétricos, eles são responsáveis por boa parte de nosso trabalho braçal. Para que um aparelho elétrico realize seu trabalho é necessário que seja introduzido nele energia elétrica, este aparelho irá transformar esta energia elétrica em outro tipo de energia desejado. Uma lâmpada elétrica por exemplo transforma energia elétrica em energia luminosa, assim como um motor que transforma energia elétrica em energia mecânica.

Porém nem toda energia elétrica introduzida em um aparelho é efetivamente convertida em trabalho, sempre uma parte desta energia será convertida em uma forma de energia não desejada, geralmente em forma de calor. Esta parcela transformada em energia não desejada é perda energética.

Nas antigas lâmpadas incandescentes, por exemplo, aproximadamente 20% apenas da energia elétrica empregada é convertida em energia luminosa os outros 80% são convertidos em calor.

Desta forma é possível concluir que a energia final desejada e liberada por um aparelho elétrico é igual à energia que é introduzida no aparelho menos a energia perdida. Sendo assim a quantidade de energia liberada é sempre menor que a energia introduzida.

O rendimento é nada mais que a relação entre energia liberada e a energia introduzida. Na área da eletricidade, porém, é comum que o rendimento seja calculado pela potência elétrica. A letra grega η é usada para expressar o rendimento. Veja a fórmula do rendimento:

Rendimento Elétrico.

Fórmula do rendimento.

Por causa da potência de saída ser sempre menor que a de entrada o rendimento terá sempre um valor menor que 1 e geralmente é expresso em termos percentuais. A lâmpada citada lá atrás tem um rendimento de apenas 20% pois é o valor de energia realmente entregue na saída sem perdas.

Em alguns processos a transformação de energia pode se dar em várias etapas, como por exemplo em uma usina de geração nuclear. Neste caso é usado fissão nuclear para vaporizar água, este vapor aciona uma turbina que em fim move um gerador. Ester processo tem três estágios de transformação de energia.

  • Vaporização de água com rendimento η1;
  • Movimentação da turbina com rendimento η2;
  • Movimentação do gerador com rendimento η3.

Assim sendo, o rendimento total desta transformação é a soma do rendimentos de cada transformação particular.

Perdas e rendimento elétrico.

Perdas nas conversões de energia.

A informação de rendimento como percentual é descrito geralmente na placa de identificação de motores elétricos, nos aparelhos eletrodomésticos o rendimento vai estar atrelado a eficiência energética e através de uma etiqueta do INMETRO é separados em categorias de consumo e rendimento.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

9 comentários para “Rendimento elétrico.”

  1. Jaime

    Henrique, sou novo no canal portanto ainda não sei se tem vídeo aula que pode tirar minha dúvida. Gostaria de saber mais sobre aquelas placas de led e spot de led.
    Como instalar?, que amperage deve ser instalada?, elas só servem para decoração ou são usadas como lâmpadas mesmo?
    Quero colocar na minha cozinha.
    Agradeco se puder responder.

    Responder
    • Henrique Mattede

      Podem ser usadas sim como lâmpadas. A corrente depende da potência das placas.

      Responder
  2. Anibal Vieira Correia

    Instrutivo

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Fico feliz que tenha gostado Anibal! Se ainda não nos segue, não deixe de se inscrever em nosso canal no youtubehttp://goo.gl/0a6d9A
      Veja nossos vídeos e nos ajude com a divulgação.

      Responder
  3. Jose Lucas dos Santos

    Gostei do tema estou felix

    Obrigado

    Responder
  4. Raimundo Santos

    Gostei muito da informação, sempre vejo seus vídeos, parabéns.

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Valeu Raimundo!

      Responder
  5. Kaique Mafra

    Não sei se estou certo, mas a energia que não é usada no processo de transformação é chamada de energia reativa, é ela a responsável pela criação de campos magnéticos!
    Gostaria de saber sé realmente estou correto?

    Responder
    • Equipe Mundo da Elétrica

      Correto, a energia que não é utilizada é realmente chamada de energia reativa, sua segunda dúvida será transformada em um artigo ou vídeo.

      Vi que não está inscrito em nosso canal.
      Não deixe de se inscrever aquihttp://goo.gl/0a6d9A e receber nossas atualizações.
      No site http://www.mundodaeletrica.com.br é possível se cadastrar em nossa lista VIP de email.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)