Ensinar como calcular a potência elétrica em watts parece óbvio, pois a potência elétrica é dada apenas em watts, não é mesmo? Na verdade não é bem assim, existem outros tipos de potência elétrica e diversas maneiras de calcular. Iremos abordar neste artigo quais são os tipos de potência e as diferenças entre as demais potências elétricas.

É comum as pessoas pensarem que existe apenas a potência elétrica dada em watts, chamada de potência ativa, pois afinal o que geralmente aprendemos em cursos básicos de elétrica é calculando potência em resistores por exemplo, ou talvez por sabermos que as concessionárias de energia nos cobra baseando na potência ativa.

Tipos de potência

Em circuitos de corrente alternada, tensão e corrente elétrica se comportam de uma maneira diferente do que em circuitos de corrente contínua, além disso há uma defasagem entre estas duas grandezas da eletricidade, tensão e corrente. Existem diversas diferenças entre circuitos de corrente alternada e corrente contínua, entre as diferenças temos as potências elétricas, Na realidade, em sistemas alternados existem três tipos de potência elétrica, que são:

Potência ativa:

A potência ativa nada mais é do que a potência que realiza trabalho útil na carga, sendo que a sua unidade de medida é o watt (W). A potência ativa é potência que de fato pagamos por ela para as concessionárias de energia.

Potência reativa:

A potência reativa representa parte da potência que é empregada nas cargas capacitivas e indutivas dos circuitos sem realizar trabalho efetivo, sendo que a sua unidade de medida é volt ampère reativo (Var). Está potência é uma pequena parte da potência total consumida pelos motores de indução, que é necessária para gerar campo eletromagnético por exemplo, caso este valor de potência seja acima dos valores permitidos pela concessionária, uma multa é cobrada ao consumidor.

Potência aparente:

Podemos definir a potência aparente como a potência total que uma determinada fonte é capaz de entregar, ou seja, é a “soma vetorial” da potência ativa e a potência reativa, sendo que esta é a potência total que a concessionária de energia pode nos fornecer. A unidade de medida da potência aparente é o volt ampère (VA).

Converter potência aparente em potência ativa.

Como calcular potência ativa.

É importante destacar que além destas três potências existe um fator que as relacionam, que é o fator de potência (φ), também conhecido como ângulo fi. O fator de potência é uma relação entre a potência aparente e a potência ativa, ou seja, é a relação da quantidade de energia entregue pela fonte e a quantidade de energia que é efetivamente transformada em trabalho, o fator de potência pode ser muito alto ou muito baixa, sendo necessário realizar a correção do fator de potência, ou seja, caso o fator de potência de uma máquina seja muito baixo é feito a instalação de um banco de capacitores, porém se for muito alto é preciso instalar um banco de reatores.

Calcular potência em watt:

Entre os três tipos de potências que acabamos de conhecer, já ouvimos falar muito da potência ativa e a potência aparente, principalmente para os eletricistas que sempre trabalham com projetos elétricos, pois ao desenvolver um projeto elétrico de uma residência, utilizamos a potência aparente e não a potência ativa para realizar a divisão e dimensionamento dos circuitos em uma instalação.

Considerando uma carga puramente resistiva, neste caso um resistor, podemos encontrar o valor de sua potência utilizando três fórmulas muito comum, que estão representadas na imagem abaixo:

Dicas de como calcular potência em watts.

Fórmulas para calcular potência ativa.

É muito comum utilizarmos a potência ativa para dimensionamento, portanto iremos ensinar como converter a potência de VA para W. Para que possamos fazer esta conversão é necessário termos o valor do fator de potência de cada carga e o valor da potência ativa.

Potência aparente para potência ativa:

Encontrar o valor da potência em watts de uma determinada carga é bem simples, temos que multiplicar o valor da carga em VA pelo fator de potência. Iremos calcular a potência aparente de uma carga com o fator de potência de 0,94 e com potência aparente de 800VA. Veja a resolução na imagem abaixo:

Dicas de como calcular potência ativa.

Convertendo potência aparente em potência ativa.

Potência ativa para potência aparente:

Encontrar o valor da potência aparente também é bem simples, pois basta ter o valor do fator de potência e da potência aparente da carga e realizar o cálculo contrário da questão anterior, ou seja, termos que dividir o valor da potência ativa pelo fator de potência. Iremos usar como base para os cálculos a mesma carga do exemplo anterior, que possui uma potência ativa de 752W e fator de potência de 0,94. Veja a resolução na imagem abaixo:

Dicas de como calcular potência aparente.

Convertendo potência ativa em potência aparente.

Destacamos que ainda existem diversos cálculos e fórmulas para encontrar o valor de todas potências em um circuito. O vídeo abaixo explica quais são as demais potências e como cada uma delas se relacionam:

Finalizamos mais um artigo e esperamos ter retirado todas as suas dúvidas de como calcular potência ativa, caso tenha ficado alguma dúvida ou curiosidade sobre o assunto, deixe nos comentários que iremos responder.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)